PUBLICIDADE
Topo

Muros de estádio do Palmeiras são pichados por torcedores: "Fora Mattos"

Bilheteria do Allianz Parque foi pichada por torcedores do Palmeiras - Reprodução
Bilheteria do Allianz Parque foi pichada por torcedores do Palmeiras Imagem: Reprodução

Danilo Lanieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

04/09/2019 10h15

Na noite de ontem, as paredes do Allianz Parque foram pichadas com mensagens contra a diretoria do Palmeiras. O principal alvo dos torcedores no protesto registrado no muro da arena da agremiação alviverde é Alexandre Mattos, além do presidente Maurício Galiotte.

"Fora Mattos", é uma das frases escritas pelos torcedores que protestaram na noite de ontem. Os fãs estão insatisfeitos com as decisões tomadas pelo diretor executivo de futebol do Palmeiras. O clube apagou rapidamente as pichações feitas na noite de ontem. A reportagem do UOL Esporte apurou que a torcida uniformizada ainda pretende realizar outras manifestações contra o dirigente.

A sequência de resultados ruins apresentados pelo Palmeiras desde o retorno após a Copa América deixou a torcida enfurecida. A primeira ação da diretoria alviverde para reverter o panorama ruim foi a demissão do técnico Luiz Felipe Scolari e a contratação de Mano Menezes. Mas nem isso agradou os fãs palmeirenses. Pelo contrário. O ex-comandante do Cruzeiro enfrentou resistência antes mesmo de ser anunciado ontem.

Felipão foi demitido na noite de segunda-feira (2), um dia depois da derrota por 3 a 0 para o Flamengo no Brasileirão, após reunião entre a diretoria. Os auxiliares Paulo Turra e Carlos Pracidelli também deixam seus cargos. A comissão tinha aguentado a eliminação na Libertadores, da última terça-feira, diante do Grêmio, mas não resistiu ao revés para o clube do Rio de Janeiro.

A diretoria entendeu que o ciclo se encerrou após um período de muito desgaste desde a volta da Copa América. Depois de um primeiro semestre muito bom, o Palmeiras entrou em parafuso na segunda metade da temporada: caiu nas quartas de final da Copa do Brasil e da Libertadores, e despencou da primeira para a quinta colocação no Brasileirão.

Também na segunda-feira, o Palmeiras anunciou que todos os treinos desta semana são fechados à imprensa. Nem mesmo a programação da equipe será divulgada. O clube alegou "questões de segurança" como motivo da medida, que foi tomada depois do revés para o Flamengo.

Palmeiras