Topo

Futebol


Vice do Inter se irrita com derrota de virada para o Goiás: "Inadmissível"

Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre

25/08/2019 19h03

Roberto Melo, vice de futebol do Internacional, se mostrou irritado com a derrota para o Goiás. Mais. O dirigente cristalizou a bronca ao subir o tom quando falou da maneira como o time reserva levou a virada no estádio Serra Dourada, hoje (25), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nas palavras do cartola, o resultado de 2 a 1 foi inadmissível pelo contexto.

Guilherme Parede abriu o placar, aos 11 minutos do primeiro tempo, mas Michael e Rafael Vaz fizeram os gols da virada do Goiás após o intervalo.

"Gostaria de pedir desculpa ao nosso torcedor pelo jogo que fizemos aqui. Inadmissível a postura que a gente teve em campo. Não me lembro de outro jogo com atuação tão ruim como essa. Agora é pensar na quarta-feira, evidente que as cobranças já aconteceram e vão acontecer. É mobilizar para quarta-feira, é outra competição e tenho certeza que vamos fazer um grande jogo", comentou Roberto Melo, dirigente do Inter.

Pior que levar a virada no final, depois de um rendimento em queda livre, o Internacional se lamenta por ter atuado com um jogador a mais desde os 16 minutos da etapa inicial - quando Léo Sena foi expulso após intervenção do VAR.

"O Goiás com 10 homens, a gente vencendo, e eles ganhando todos os lances e com mais fome que a gente. Não vou dizer que é um jogo para esquecer, não. É para a gente lembrar, ver como a gente fez e não repetir. Com todo respeito ao Goiás, abandonamos o jogo e achamos que o passar do tempo iria nos garantir os três pontos. Espero que tenha servido de aprendizado", disparou Melo.

O Inter volta a campo no Brasileirão diante do Botafogo, no próximo sábado, em Porto Alegre. Antes disso, o time gaúcho recebe o Flamengo no segundo jogo das quartas de final da Libertadores. O duelo com o clube carioca acontece na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).

Mais Futebol