Topo

Será que agora vai? Vasco já não sabe o que é vencer fora de casa há tempos

Vasco, do capitão Leandro Castan (foto), tenta vencer como visitante no Campeonato Brasileiro após um ano e nove meses - MAGALHÃES JR./O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Vasco, do capitão Leandro Castan (foto), tenta vencer como visitante no Campeonato Brasileiro após um ano e nove meses Imagem: MAGALHÃES JR./O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/08/2019 04h00

Atuar como visitante não tem sido algo positivo para o Vasco no Campeonato Brasileiro. Há um ano e nove meses o Cruz-maltino não sabe o que é vencer fora de casa na competição, jejum este que novamente pode tentar ser quebrado hoje, às 19h, contra o Goiás, no estádio Serra Dourada (GO), pela 14ª rodada.

A última vitória no Brasileirão aconteceu dia 26 de novembro de 2017, sobre o Cruzeiro, por 1 a 0, no Mineirão (MG), quando a realidade era outra: a equipe brigava por uma vaga na Copa Libertadores, algo que conseguiu obter ao término da disputa.

Este ano, até o momento, o Vasco teve seis partidas como visitante, sendo quatro derrotas (Athletico-PR, Santos, Botafogo e Grêmio) e dois empates (Fortaleza e Palmeiras).

Na avaliação do atacante Marrony, a equipe tem feito por onde para, enfim, conseguir obter uma vitória fora de casa:

"O professor sabe o que tem que fazer para pontuar fora de casa. A gente não conseguiu sair com o resultado positivo contra o CSA porque demos mole. Essa é verdade. Não fizemos um jogo como contra o Palmeiras. Demos espaço para o time deles. Sabemos que podemos fazer ótimos jogos. Teve jogos que fomos prejudicados pelo VAR. Isso não é desculpa, mas a gente está buscando. Se não saiu (vitória fora), vai sair. Não é possível que vamos terminar o primeiro turno sem fazer pontos fora de casa. Vamos continuar nessa pegada para subir na tabela".

Para o duelo, o técnico Vanderlei Luxemburgo não fez mistério e divulgou a equipe. As principais novidades são a entrada do lateral direito Cáceres com Yago Pikachu sendo avançado para a ponta direita. Já o volante Marcos Júnior entra na vaga de Marquinho.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X VASCO

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Hora: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Goiás
Tadeu; Daniel Guedes, Yago, Rafael Vaz (Fábio Sanchez) e Jefferson; Léo Sena, Geovane e Marlone (Giovanni Augusto); Michael, Kayke e Leandro Barcia.
Técnico: Ney Franco

Vasco
Fernando Miguel, Cáceres, Oswaldo Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard, Raul e Marcos Júnior; Yago Pikachu, Marrony e Talles Magno
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Vasco