Topo

Futebol


Polícia ouve mais três e quer concluir investigação sobre Gre-Nal até sexta

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

23/07/2019 20h34

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul ouviu mais três depoimentos sobre o caso de agressão ocorrida após o último clássico Gre-Nal. Na tarde de hoje (23), o delegado responsável pelo caso sanou dúvidas sobre os momentos que sucederam a discussão no Beira-Rio. A ideia é concluir a investigação até sexta-feira.

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o delegado Miguel Mendes Ribeiro Neto, da 20ª Delegacia de Polícia Civil, explicou que os ouvidos hoje auxiliaram a sanar algumas dúvidas sobre a devolução da camisa à família e a versão de um dos envolvidos no caso, que disse não ter cometido agressão.

Na quarta-feira, outras pessoas identificadas nas imagens são esperadas para se manifestar. Ao todo, 10 foram sido intimados. Com os três ouvidos hoje, o número de depoimentos chegou a sete.

A expectativa é concluir a investigação até sexta-feira e repassar o resultado dela ao Judiciário. Será então que o processo poderá ser iniciado.

De antemão, o delegado informou que as ações da torcedora do Internacional, que foi flagrada empurrando e xingando uma gremista após o clássico do último sábado, pode ser enquadrada no artigo 41-B do Estatuto do Torcedor que fala em "promover a violência". A pena é de até dois anos de detenção e/ou pagamento de multa.

Futebol