Topo

Felipão se irrita com jogo de Deyverson: não sei quem falou que ele é meia

Leandro Miranda e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

11/07/2019 00h24

O técnico Luiz Felipe Scolari mostrou irritação com a atuação de Deyverson hoje, após a vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Internacional, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O treinador disse que o centroavante precisa entender melhor sua função em campo e atuar como camisa 9 clássico, não como meia de armação.

"Eu vou conversar com ele", disse Felipão. "Quem sabe a titularidade não o esteja deixando raciocinar totalmente que, em algumas jogadas, ele não é um 9, e sim um 8 de armação. Ele tem que aprender que o centroavante vive de gols, ele tem que se expor a uma trombada com o zagueiro, e ele não está fazendo isso".

"Ele está se dedicando, mas o meu 9 tem que fazer algo diferente para que os que chegam (de trás) possam marcar. Ele é muito bom segurando a bola, mas não sei quem está falando para ele que ele joga de 8. Quero que ele seja 9. Vamos conversar amanhã detalhadamente", continuou o treinador.

Na partida, Deyverson errou alguns passes que mataram contra-ataques do Palmeiras. Um dos que mais irritou Felipão foi quando o centroavante tentou um toque de calcanhar para Dudu e furou. Depois, buscou um passe em profundidade para Lucas Lima e também falhou, provocando mais revolta no treinador e na torcida.

"Se nós tivéssemos mais qualidade no passe final, na escolha final, quem sabe poderíamos ter feito mais um gol. Mas acho que jogar contra o Inter é muito difícil e equilibrado. O Palmeiras ganhou, mas não passou. O Inter vai jogar melhor no seu estádio, e temos condições de jogar bem de novo. São 180 minutos, e pelo menos saímos em vantagem neste início. Mas respeitamos muito, porque eles são bem montados", analisou Felipão.

O Palmeiras volta a enfrentar o Inter por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil na próxima quarta-feira (17), no Beira-Rio. Antes, no sábado (13), a equipe tem clássico contra o São Paulo no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O alviverde lidera a competição com cinco pontos de vantagem sobre o Santos.

Palmeiras