Topo

Como Rodrygo e Vini Jr. "ajudaram" SPFC a subir multas de promessas

Igor Gomes é um dos atletas mais valorizados após despontar no time principal em 2019 - Marcello Zambrana/AGIF
Igor Gomes é um dos atletas mais valorizados após despontar no time principal em 2019 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

10/07/2019 04h00

Do ano passado para este, o São Paulo aumentou o valor da multa rescisória de seus jogadores de 40 milhões de euros para 50 milhões de euros. Esse movimento tem a ver com a forma como o mercado da bola inflacionou e foi feito com duas grandes negociações recentes no futebol brasileiro como parâmetro: as saídas de Vinicius Júnior, do Flamengo, e Rodrygo, do Santos, para o Real Madrid. Eles custaram, respectivamente, 45 milhões de euros e 40 milhões de euros. O curioso é que o São Paulo usa esse valor de multa para jogadores da base ou recém-chegados, como Raniel.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.