Topo

Esporte


Melhor da Copa América, Dani desabafa com título: "nosso capitão é o Tite"

Do UOL, em São Paulo

07/07/2019 19h33

Daniel Alves fechou a Copa América com chave de ouro. O lateral-direito da seleção brasileira recebeu o prêmio de melhor jogador da competição. Responsável por levantar a taça após a vitória por 3 a 1 sobre o Peru, o jogador ressaltou que o capitão do time é o técnico Tite.

"Falei antes que o capitão do nosso barco é o Tite. Não sou eu, não é nenhum jogador. Simplesmente eu represento todos os jogadores. Vou ter a honra de levantar em homenagem aos nossos atletas, que lutaram bastante para estar aqui e conseguir o objetivo", afirmou Daniel Alves em entrevista à Rede Globo, minutos antes da premiação.

O lateral ressaltou ainda a importância da comissão técnica da seleção brasileira. E elogiou também a postura do torcedor presente ao Maracanã. Segundo ele, houve uma conexão entre time e torcida.

"Parabéns à comissão, eles trabalham muito, são muito dignos e merecedores de tudo isso. Parabéns aos jogadores que ralaram e lutaram até o fim. A gente sabia que não ia ser fácil, que não seria um jogo como foi na primeira fase, mas sabia que a gente estaria preparado para esse reencontro com o Maracanã. Queria agradecer também nossa torcida. Hoje conectou com a gente. É muito especial quando a gente constrói algo junto. No dia de hoje a gente só queria isso, vim aqui, desfrutar e comemorar esse título, poder dar um grande presente para eles e conseguimos", frisou Daniel Alves.

"Reencontro com Maracanã é sempre especial, aqui é nossa casa. A gente estava determinado que faria um jogo aqui e que a gente tinha de ir passo a passo, tinha de ir consciente e determinado, acreditando no trabalho. Apanhamos muito, estava doendo, sinceramente. A gente sabia que precisa dar uma resposta positiva, dar um passo à frente", completou o lateral.

Veja todos os premiados

Melhor da Copa América: Daniel Alves
Melhor goleiro: Alisson
Artilheiro: Éverton (com menos minutos em campo que Guerrero)
Melhor da final: Éverton
Fair play: Brasil

Esporte