Topo

'Sumido' há cinco dias, goleiro Magrão entra na Justiça contra o Sport

Williams Aguiar/Sport Club do Recife
Imagem: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

25/06/2019 13h14

Depois de nove dias de folga, o Sport se reapresentou na última sexta-feira (21) para dar início à intertemporada. Todos os jogadores apareceram para treinar, menos um: o goleiro Magrão. A cena se repetiu nos dias seguintes de atividade, e até hoje o ídolo rubro-negro continua 'desaparecido', sem fazer nenhum contato com a diretoria ou algum companheiro de equipe.

Após alguns rumores - que foram desde uma possível doença (leia mais abaixo) até a confirmação de sua aposentadoria -, soube-se hoje que Magrão entrou na Justiça de Trabalho contra o Sport na última segunda-feira. O processo está na 10ª vara do Trabalho do Recife, mas em segredo de Justiça.

O clube pernambucano afirma ainda não ter sido notificado. O UOL Esporte tentou contato com o goleiro, mas não obteve sucesso.

Segundo apurou a reportagem, Magrão tem salários atrasados e FGTS a receber do Sport, que passa por crise financeira. O débito estimado é de cerca de R$ 1 milhão.

Ídolo na Ilha do Retiro, Magrão está com 42 anos e tem contrato até o fim do ano. O goleiro perdeu a posição no começo do ano após algumas falhas e não vem sendo o titular de Guto Ferreira na Série B. Em 2019, ele atuou em apenas sete jogos - sendo um pela Copa do Brasil e seis pelo Campeonato Pernambucano.

Com o título estadual no começo do ano, Magrão somou a sua décima conquista e se tornou o maior vencedor da história do Sport.

Diretor nega suposta doença

Hoje pela manhã, o diretor de futebol do Sport, Wanderson Lacerda, concedeu uma entrevista à Rádio Jornal, de Recife, para negar os boatos de que o sumiço de Magrão poderia estar ligado a uma eventual doença.

"Eu posso assegurar, tenho informações seguras, que doente o Magrão não está. Não tem nenhum problema de saúde, nada disso. Estou ainda coletando umas informações para ter a certeza do que realmente está acontecendo. Acredito que, no transcorrer do dia de hoje, nós teremos até um contato com o Magrão. Não posso garantir, mas existe essa possibilidade. A pessoa que está nos ajudando a coletar as informações é de nossa confiança e está tentando ajudar. Mas quero deixar todo mundo tranquilo com respeito a essa circulação da notícia de que Magrão estava com isso, com aquilo", afirmou.

"Uma coisa é certa. Magrão é um profissional correto, que nós só temos que elogiar, e de forma nenhuma terá nenhum arranhão com essa situação que está se passando. Então só peço que todos tenham mais um pouco de paciência, vamos dar um pouco mais de sossego ao nome Magrão para que tenhamos uma notícia 100% correta. Nós esperamos, se Deus quiser, ter uma notícia mais concreta do que está se passando", acrescentou.

Bombando no Twitter

O sumiço de Magrão fez o nome do goleiro aparecer entre os dez assuntos mais comentados do Brasil no Twitter. Alguns torcedores lamentam a atitude do jogador, enquanto outros ainda pedem cautela antes de ouvir o lado do arqueiro.

Sport