Topo

Cuca monta programação, e São Paulo tenta se organizar enquanto time folga

Cuca planeja calendário tricolor durante a Copa América, enquanto clube passa por reestruturação - Marcello Zambrana/AGIF
Cuca planeja calendário tricolor durante a Copa América, enquanto clube passa por reestruturação Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

17/06/2019 04h00

O elenco tricolor curte folga durante esta semana, mas Cuca e a diretoria não devem conseguir manter a cabeça longe do São Paulo. Reuniões nos próximos dias devem definir a programação de trabalho nesta parada da Copa América, enquanto o clube passa por reformulação e promove saída de funcionários.

Na parte esportiva, Cuca e o departamento de futebol precisam montar a agenda com treinamentos e jogos-treinos, além de avaliar possíveis saídas e chegadas de jogadores. A negociação com o lateral-direito Adriano já virou novela, por exemplo, enquanto o atacante argentino Juan Dinenno segue como sonho de consumo do técnico tricolor.

Por outro lado, não estão descartadas vendas de jogadores, visto que a atual situação financeira do São Paulo é bastante delicada. O zagueiro Arboleda desponta como "favorito" a deixar o Tricolor por diversos motivos, incluindo sua vontade já manifestada de atuar no exterior.

Quanto a quem permanece, a maior preocupação é "criar um ambiente de confiabilidade", nas palavras do próprio Cuca. "Os jogadores sabem que estão em dívida com a gente, e a gente em dívida com o torcedor", falou na semana passada. Por isso foram dados nove dias de recesso aos atletas, que quando voltarem viverão período intenso de treinos

Há ajustes também nos bastidores. Na última semana o São Paulo confirmou as saídas de três funcionários: o preparador físico Carlinhos Neves, o analista de desempenho Romildo Lopes e um funcionário que agrediu um torcedor durante um desembarque da delegação no Aeroporto de Congonhas. Mais mudanças devem acontecer nos próximos dias.

São Paulo