Topo

Golaço pela seleção aumenta temor por saída de Everton do Grêmio

Everton marcou o último gol do Brasil na vitória por 3 a 0 contra a Bolívia - Thiago Ribeiro/AGIF
Everton marcou o último gol do Brasil na vitória por 3 a 0 contra a Bolívia Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

16/06/2019 04h00

Everton entrou no segundo tempo da estreia do Brasil, sexta-feira, contra a Bolívia na Copa América. E bastaram alguns toques na bola para o Cebolinha driblar marcadores e acertar um chute forte vencendo o goleiro rival e definindo o placar de 3 a 0. E o golaço não gerou apenas orgulho, mas o temor de sua saída se concretizar no Grêmio.

Uma série de clubes estão interessados na contratação dele. Não é de hoje que o Manchester City, da Inglaterra, acompanha o crescimento do jogador de 23 anos. E somado ao time de Guardiola e companhia estão italianos, espanhóis e alemães.

Everton é o principal destaque gremista há bastante tempo. Na atual temporada são 10 gols em 24 jogos pelo Tricolor. Ano passado foram 19 gols em 51 partidas, e no anterior marcou 12 gols em 61 jogos.

A direção do Grêmio não demonstra necessidade de negociar. Internamente, o Tricolor aguarda que propostas altas se concretizem sem a pressão gerada por dificuldades financeiras. As vendas recentes de Arthur e Tetê ainda dão respaldo aos cofres do clube e autorizam que o melhor valor seja procurado.

No entanto, a saída parece questão de tempo. Com as atuações pela seleção ecoando no Velho Continente, a chance da partida contra o Juventude, em maio, ter sido a última dele pelo clube gaúcho só aumenta.

O Brasil terá pela frente a Venezuela na segunda rodada do grupo A da Copa América. O jogo será em Salvador, na próxima terça-feira.