Topo

Após deixar Z-4, Luxemburgo quer Vasco 'olhando para o primeiro andar'

Vanderlei Luxemburgo quer Vasco com foco nos objetivos dentro do Brasileiro - Thiago Ribeiro/AGIF
Vanderlei Luxemburgo quer Vasco com foco nos objetivos dentro do Brasileiro Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

13/06/2019 22h36

Após a vitória sobre o Ceará, na noite de hoje (13), em São Januário, que fez com que o Vasco deixasse para trás a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo afirmou que o time cruzmaltino conseguiu subir alguns degraus e, agora, olha para o "andar de cima".

O comandante afirmou que, após a paralisação do torneio para a disputa da Copa América, o Vasco tem de se mostrar mais ambicioso em relação aos objetivos na competição, lembrando que, após nove rodadas, as equipes ainda estão bem próximas na tabela.

"Era importante que o Vasco saísse da zona incômoda dali de trás. Você sobe degrau. Sai do subsolo, vai para o térreo e, agora, estamos olhando para o primeiro andar. Não estamos tão distantes das equipes. O Vasco tem que pensar nisso. Não pode só pensar em sair da zona de rebaixamento. Precisa de pensar naquilo que quer fazer. Certas coisas necessárias para que possa pensar em alguma coisa. Quero olhar para o andar de cima", disse.

Luxemburgo ressaltou ainda que, diante do Ceará, o Vasco soube trabalhar a bola e ter paciência para conquistar mais três pontos.

"Um jogo complicado. Não adiantar jogar contra o Ceará achando que vai ganhar porque ganhou o jogo passado (contra o Internacional). O Ceará teve proposta de mais contragolpe. Nós trabalhamos bem a bola, tivemos paciência, esperando o zagueiro sair", afirmou.

O técnico demonstrou incômodo com o vazamento de informações em relação a treinos fechados e garantiu que vai passar a liberar a imprensa para acompanhar as atividades:

"O X-9 vai se f..., a informação vai passar para todo mundo ao mesmo tempo. Se eu descobrir quem está passando a informação para fora, eu vou ter que mandar alguém embora. Para não tirar alguém daqui, prefiro abrir".

Vasco