Topo

Inter prepara investida no mercado durante recesso para reforçar o elenco

Odair Hellmann, treinador do Internacional, deve ganhar reforços durante o recesso - Ricardo Duarte/SC Inter
Odair Hellmann, treinador do Internacional, deve ganhar reforços durante o recesso Imagem: Ricardo Duarte/SC Inter

Do UOL, em Porto Alegre

10/06/2019 04h00

O Internacional está decidido a reforçar o time. Depois da derrota para o Vasco, a direção do clube disse que reforçou o diagnóstico de necessidade de mais jogadores. O período sem competições de clubes para realização da Copa América será o momento de agir nos gabinetes.

"Estamos permanentemente em análise. Se podemos tirar alguma coisa boa deste jogo, é tirar mais convicção de coisas que já temos preparadas, reforçar alguns diagnósticos que já temos. As derrotas também servem para o futuro. Vamos trabalhar muito para voltar ainda mais fortes", disse o vice de futebol Roberto Melo.

O Colorado já sondou jogadores para várias posições. Marcos Guilherme, do Al-Wehda, da Arábia Saudita, para os lados de ataque, Elias e Aránguiz para o centro do meio, e até mesmo Taison, do Shakhtar Donetsk.

Nos bastidores, o clube entende que precisa de opções ofensivas. Como D'Alessandro não atua em jogos fora de casa, um armador não está descartado. Além de jogadores que possam dar outro perfil ao time.

Mesmo que tenha Neilton, Parede, Pottker, Wellington Silva e Sarrafiore para jogar abertos, além de Nonato e Patrick, que também já fizeram a função, a meta é agregar qualidade. Além disso, a possível saída de Iago precisará ser reposta assim que se concretize. O primeiro sondado para a lateral foi Sidicley, do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, mas a negociação não avançou.

Será durante no período sem competições que o Colorado irá agir. Durante o recesso, seja nos dias de folga dos jogadores ou durante o período de treinos em Atibaia, novidades serão encaminhadas para agregar qualidade ao grupo.

O Inter volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Bahia pelo Campeonato Brasileiro.