PUBLICIDADE
Topo

Como Santos repete "estratégia Veríssimo" e afasta interesse em L. Felipe

Luiz Felipe comemora gol pelo Santos - Ivan Storti/Santos FC
Luiz Felipe comemora gol pelo Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini e Marcello De Vico

Do UOL, em Santos

30/05/2019 04h00

O Santos recebeu sondagens recentes de três clubes interessados na contratação do zagueiro Luiz Felipe: Athletico, Vasco e Bahia. A intenção era ter o defensor por empréstimo, mas o Peixe não topa liberar o jogador dessa forma.

A única possibilidade de saída de Luiz Felipe seria uma negociação em definitivo, mas o presidente José Carlos Peres adotou a mesma estratégia que já tinha utilizado quando recebeu sondagens pelo também zagueiro Lucas Veríssimo e a abordagem afastou o interesse dos três clubes.

O mandatário não define um valor pela venda de seus jogadores, como publicou a "Gazeta Esportiva", e espera que os interessados formalizem propostas. A partir daí, Peres tenta aumentar o valor.

No caso de Veríssimo, a estratégia não deu certo. O jogador tinha o desejo de sair e o presidente santista, de tanto tentar aumentar os valores, acabou irritando o Torino (ITA), principal interessado no zagueiro, e os italianos desistiram do negócio.

No entanto, o caso de Luiz Felipe é diferente. O Peixe não tem intenção de vender o jogador e nem o jogador está procurando sair do clube, mesmo diante da pouca utilização após o Campeonato Paulista.

Luiz Felipe perdeu espaço após o erro contra o Corinthians, na Arena do rival, pela semifinal do Paulistão. O zagueiro afastou mal um lance e acabou dando a bola de presente para Clayson, que marcou o segundo gol e deu a vitória ao Corinthians.

De lá pra cá, o defensor perdeu espaço para Lucas Veríssimo, que retornou de lesão e teve boas atuações. Hoje, Luiz Felipe é a quarta opção para a zaga do Santos, mas o Peixe considera o jogador importante no elenco devido ao rodízio imposto por Sampaoli, além da qualidade já demonstrada desde sua chegada.

O Santos sabe que pode perder Veríssimo nesta janela de transferências do meio do ano, já que o defensor tem mercado na Europa e já quase deixou o Peixe em duas ocasiões. Outro fator que pesa para a continuidade de Luiz Felipe é a dificuldade em renovar o contrato de Gustavo Henrique, que vence em janeiro do ano que vem.

Santos