Topo

Cuca nega prioridade ao Brasileirão e diz que escalou "melhor São Paulo"

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

23/05/2019 01h00

O São Paulo enfrentou o Bahia pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil com quatro ausências de peso no time titular. Hudson e Hernanes nem sequer foram relacionados para o confronto no Morumbi. Reinaldo ficou só no banco de reservas e Antony foi usado somente na etapa final da derrota por 1 a 0 para os baianos. Cuca, no entanto, nega que tenha mexido na equipe por priorizar o Campeonato Brasileiro.

"Entrei com o melhor São Paulo que eu podia. O torcedor não sabe tudo o que ocorre, até pelos treinos fechados, e estranha que o Hudson não estava em campo. Mas ele estava com dores nos dois posteriores da coxa. Hernanes tinha desconforto muscular, disse que não dava. Antony disse que estava cansado, Reinaldo também. Lógico que quero passar na Copa do Brasil. Nunca ia preservar sem necessidade. Escalo quem eu tenho. E tenho os departamentos de preparação física, fisiologia, que me deixam ou não escalar. Não posso colocar quem não tem condição. Se eu pudesse contar com eles todos os dias, usaria", disse o técnico.

Cuca também mostrou preocupação com o estado anímico dos jogadores. Ele não quer deixar os jovens serem afetados pela pressão de uma derrota em casa que complica a vida do São Paulo no mata-mata. Ainda por cima em uma semana de clássico contra o Corinthians em Itaquera, onde o Tricolor nunca venceu, pelo Brasileirão.

"O São Paulo é terceiro no Brasileirão e tem uma derrota por 1 a 0 na Copa do Brasil. Temos que ter calma para não tirar a confiança dos jogadores. Essa seria a pior derrota, então quero assumir a responsabilidade. Só depende de nós para recuperarmos o caminho das vitórias. A gente não pode fazer terra arrasada por dois resultados ruins. Se falar que nada presta, a gente perde a confiança que foi tão difícil de colocar nesses meninos. Por que não podemos ganhar no domingo? É um jogo. Vamos preparar bem e fazer o melhor", avisou.

O jogo de volta da Copa do Brasil contra o Bahia será às 21h30 da próxima quarta-feira, na Arena Fonte Nova. Antes, porém, será preciso enfrentar o Corinthians na Arena Corinthians, às 19h de domingo.