Topo

Libertadores - 2019


Palmeiras e Fla favoritos. Blogueiros analisam confrontos da Libertadores

Do UOL, em Santos (SP)

14/05/2019 18h14

Na noite de ontem, a Conmebol realizou o sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores. Seis times brasileiros seguem vivos na competição continental: Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo, Athletico Paranaense, Internacional e Grêmio.

Na opinião dos blogueiros do UOL Esporte, Palmeiras e Flamengo têm os confrontos mais tranquilos pela frente, enquanto Cruzeiro e Athletico não se deram bem no sorteio. Veja as análises em vídeo (acima) e texto (abaixo):

CRUZEIRO X RIVER PLATE-ARG

Douglas Magno/AFP
Imagem: Douglas Magno/AFP
BOLÍVIA

É o pega mais difícil de se apontar um favorito e arriscar previsões. Os mineiros fizeram uma bela campanha na fase de grupos. Têm um time forte. E um histórico recente de ir melhor fora do que dentro de casa nos mata-matas. O River é o atual campeão e tem uma camisa pesada. Acredito que serão dois jogos bem parelhos, decididos nos detalhes. Sou mais Cabuloso.

JUCA KFOURI

Embate sem favorito, expectativa de jogos grandes, o segundo mais difícil dos brasileiros.

JULIO GOMES

O maior confronto das oitavas. Quem passar, sairá muito forte para o restante da competição. É 50-50.

MARCEL RIZZO

Confronto mais equilibrado das oitavas, Cruzeiro não pode apenas se defender na ida no Monumental. Isso quase nunca dá certo contra River e Boca.

MAURO BETING

É muito difícil ser bi da Libertadores. Ainda mais contra rival tão qualificado como o Cruzeiro. Empate mais técnico de todos.

MAURO CEZAR

O pior adversário possível. Atual campeão, o River tem o trabalho mais consistente entre os times do país vizinho, base forte e condições de se reforçar, bem, entre a temporada argentina 2018/2019 e a 2019/2020, que começará após a Copa América.

MENON

Um jogo muito difícil para o Cruzeiro, que, surpreendentemente, tem mostrado falhas defensivas.

PERRONE

Sem favorito. É o jogo mais duro das oitavas.

PVC

O pior rival possível para o Cruzeiro foi sorteado. Mas o River sempre considerou o Cruzeiro sua besta negra. Em síntese, o River foi freguês, até eliminar o Cruzeiro em 2015.

PALMEIRAS X GODOY CRUZ-ARG

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
BOLÍVIA

Claro que sempre pode dar alguma zebra, mas o caminho natural é que o clube brasileiro passe.

JUCA KFOURI

Além de forte, o Palmeiras tem sorte. Pegará o menos complicado dos adversários.

JULIO GOMES

Favoritismo absurdo do Palmeiras contra um fraco rival argentino. Basta jogar com coragem e imposição.

MARCEL RIZZO

Palmeiras favoritaço, só um daqueles desastres pra não avançar de fase.

MAURO BETING

Historicamente o Verdão adora se atrapalhar em jogos contra times de menor expressão. Não será o caso. É bem favorito.

MAURO CEZAR

A equipe de Mendoza se classificou para a atual Libertadores pela campanha feita no campeonato terminado há um ano, quando foi vice-campeã. Sofreu baixas no elenco e no campeonato recentemente encerrado, ficou no 14º lugar entre 26 times.

MENON

O sorteio foi ótimo para o Palmeiras, que pegará um time surpreendente, mas de pouco orçamento.

PERRONE

O time alviverde é o maior favorito desta fase. Com uma defesa sólida e meias e atacantes de alto nível, a eliminação palmeirense seria uma zebra histórica.

PVC

O Godoy Cruz é o time com o terceiro pior índice de posse de bola, mesmo sendo dirigido por um técnico Bielsista. Lucas Bernardi foi jogador de Bielsa no Newell's. O Palmeiras tem a melhor defesa, o melhor ataque e a melhor campanha. É favorito.

FLAMENGO X EMELEC-EQU

Alexandre Vidal / Flamengo
Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo
BOLÍVIA

Claro que sempre pode dar alguma zebra, mas o caminho natural é que o clube brasileiro passe.

JUCA KFOURI

Também o Flamengo não tem do que se queixar. Se não passar pelo Emelec será porque não tem o que fazer na Libertadores.

JULIO GOMES

O Fla não é ponta firme no ano e em Libertadores, mas o Emelec é um dos times mais fracos da competição. Flamengo tem obrigação de passar.

MARCEL RIZZO

Como o Palmeiras, só uma bobeada muito grande tira o Fla das quartas.

MAURO BETING

Nesta década já virou um clássico para o rubro-negro. Mas não deve ser motivo de pânico mais do que a instabilidade. É favorito.

MAURO CEZAR

O time equatoriano chegou à Libertadores do ano passado mais badalado e fracassou, sendo o único que o Flamengo venceu na fase de grupos (em casa e fora). Mais discreto em 2019, avançou e derrotou o Cruzeiro em Belo Horizonte, mas não representa desafio dos maiores.

MENON

O Emelec venceu o Cruzeiro em Minas e é um bom motivo para o Flamengo, favorito, se cuidar.

PERRONE

Apesar de ainda ser irregular, Flamengo é favorito.

PVC

O time equatoriano é o de pior campanha na fase de grupos. Trocou de técnico, ocupou a nona colocação em seu campeonato nacional, mas venceu o Cruzeiro na última rodada. Não vai ser fácil. Mas o Flamengo é favorito. Na história, nove jogos, com sete vitórias, um empate e uma derrota rubro-negra, em 2012.

BOCA JUNIORS-ARG X ATHLETICO PARANAENSE

Juan Mabromata/AFP
Imagem: Juan Mabromata/AFP
BOLÍVIA

Meteu um sonoro 3 a 0 na Arena da Baixada, com show do Marco Ruben. Depois perdeu de 2 a 1 lá, com a arbitragem dando aquela garfada tradicional nos brasileiros. Provou ter condições de superar o adversário, que tem muito mais camisa e tradição - se o juiz deixar. Mas foi na fase de grupos. Agora é outra parada. O Boca é o Boca e merece respeito. Medo não, respeito. Vai que dá, Furacão!

JUCA KFOURI

Duelo mais difícil de todos com favoritismo do Boca e clima de guerra no jogo de volta na Bombonera, depois das justas queixas paranaenses.

JULIO GOMES

Duelo de primeira fase e que carrega elementos de tensão. Boca tem camisa mais pesada, Athletico mostra mais bola e, hoje, creio que passaria. Mas o confronto ainda está longe.

MARCEL RIZZO

Athletico começa em casa e é importante ir a Buenos Aires com alguma vantagem, qualquer que seja.

MAURO BETING

Duelo igual na fase de grupos. Furacão em ascensão. Mas a Bombonera, dentro e fora de campo, pesa demais.

MAURO CEZAR

Os recentes confrontos já criaram uma rivalidade. Os erros de arbitragem contra o time brasileiro na vitória xeneize na Bombonera ainda têm repercussão e as queixas dos brasileiros após a partida foram lembradas na imprensa argentina logo após o sorteio. Chapa quentíssima.

MENON

Muito difícil para o Furacão, que tem rendimento fraco fora de casa.

PERRONE

Apesar do peso do Boca na Libertadores, o Furacão é um time forte e pode passar. Confronto sem favorito.

PVC

O Boca é favorito pela tradição e porque o Athletico tem problemas para avançar das oitavas-de-final. Mas há esperança para o rubro-negro. Tiago Nunes diz, desde janeiro, que se venceu o Flamengo no Maracanã, pode vencer o Boca Juniors na Bombonera.

INTERNACIONAL X NACIONAL-URU

JUAN MABROMATA / AFP
Imagem: JUAN MABROMATA / AFP
BOLÍVIA

Claro que sempre pode dar alguma zebra, mas o caminho natural é que o clube brasileiro passe.

JUCA KFOURI

Embate de camisas fortes, tradicionais, jogo duro, mas tendente ao Colorado, porque é melhor, mais rico e sem desgaste de viagem.

JULIO GOMES

Apesar de não ter um timaço, o Nacional tem tradição e não é galinha morta. Confronto duro para o Inter, mas com boa chance de sucesso.

MARCEL RIZZO

Inter tem leve favoritismo, tem que manter o bom rendimento no Beira-Rio.

MAURO BETING

O time uruguaio tirou a chance da primeira Libertadores colorada em 1980. Time cresce. Mas o Inter é melhor. Favorito.

MAURO CEZAR

O Nacional é um time de bom retrospecto recente na Libertadores, batendo Palmeiras e Corinthians, por exemplo, além de vencer o Atlético em Minas Gerais neste ano. Mas o Internacional é superior. No entanto, o Bolso não pode ser desprezado em duelo de ida e volta.

MENON

Não vai ser fácil para o Colorado. O Nacional é um time que tem feito boas participações em Libertadores recentes.

PERRONE

Ligeiro favoritismo para o Internacional, tem um time com mais qualidade. Mas os uruguaios quando estão em desvantagem técnica costumam equilibrar na vontade.

PVC

Já foi final de Libertadores, em 1980. O Nacional tem o pior índice de posse de bola e de finalizações da competição. O Internacional jogou quatro vezes contra os uruguaios na Libertadores. Ganhou uma, empatou uma e perdeu duas. Mas desta vez é mais forte e favorito.

LIBERTAD-PAR X GRÊMIO

REUTERS/Jorge Adorno
Imagem: REUTERS/Jorge Adorno
BOLÍVIA

Claro que sempre pode dar alguma zebra, mas o caminho natural é que o clube brasileiro passe.

JUCA KFOURI

Adversário que o Grêmio conhece bem e que tem tudo para superar.

JULIO GOMES

O Grêmio, por enquanto, não inspira confiança. Em julho, não sabemos. A vitória sobre o Libertad fora, na primeira fase, não quer dizer nada. Duelo bem duro para o time de Renato.

MARCEL RIZZO

Se o Grêmio que entrar em campo for o Grêmio da reta final da fase de grupos passa com sobra.

MAURO BETING

Dois jogos estranhos na fase de grupos. Lá e cá. Grêmio já sofreu o que tinha de sofrer, embora comece mal o BR-19. Favorito.

MAURO CEZAR

Experiente, o time paraguaio venceu o Grêmio em Porto Alegre na fase de grupos, colocando os gremistas em situação complicada, que foi superada com o troco dado em Assunção. Mas o Libertad já estava classificado quando batido em seus domínios. Confronto que pode ser traiçoeiro.

MENON

Os dois times voltarão a se encontrar. Cada um ganhou uma vez. O Grêmio é favorito.

PERRONE

Apesar da irregularidade gremista, a equipe brasileira é favorita.

PVC

Em janeiro, Renato Gaúcho julgava melhor enfrentar o Libertad ao Atlético Nacional, que disputava a vaga na fase de grupos com os paraguaios. Era um engano. Depois de perder em Porto Alegre, o Grêmio sabe que não terá vida fácil. Mas pode avançar.