Topo

Futebol


Um minuto de silêncio! Título do Grêmio tem lembrança a lesionado e corneta

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

18/04/2019 00h13

A festa do título gaúcho do Grêmio no campo da Arena teve espaço para duas situações especiais. Primeiro, a já tradicional corneta ao Inter que embalou as conquistas recentes do time azul, branco e preto. A música "um minuto de silêncio" foi orquestrada por jogadores e cantada pelos mais de 50 mil presentes. E ainda houve tempo para lembranças a Marcelo Oliveira.

André, autor do último gol nas cobranças de pênalti, foi o responsável por lembrar o colega, que teve 12 dias em hospital e passou por cirurgia no joelho após uma lesão. "Temos que lembrar do Marcelo, é um cara muito importante no nosso grupo", disse citando o lateral esquerdo que virou zagueiro.

Na celebração, já com a taça, a camisa de Marcelo Oliveira foi utilizada pelos demais jogadores do grupo.

Mas entre sorrisos e vibrações, teve espaço, e muito, para corneta. Os jogadores do Grêmio, acompanhados por Renato Gaúcho, foram até a frente da Arquibancada Norte, do estádio, onde fica a organizada Geral do Grêmio, e orquestraram o cântico de provocação ao rival.

"Um minutos de silêncio... shhh... Para o Inter que está morto" foi o tom que tomou a Arena para explosão de alegria dos azuis.

"Toda hora o Grêmio é campeão. Não aguento mais. Tá ruim? Se for feriado sempre, ninguém trabalha mais nessa cidade", brincou Renato Gaúcho na comemoração.

Em campo, o empate em 0 a 0 levou a decisão para os pênaltis, e com três defesas de Paulo Victor, o Grêmio sagrou-se campeão invicto.

Mais Futebol