PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Felipão critica Deyverson e diz que "não viu Palmeiras que gosta"

Felipão criticou o desempenho coletivo do Palmeiras na derrota por 1 a 0 - Marcello Zambrana/AGIF
Felipão criticou o desempenho coletivo do Palmeiras na derrota por 1 a 0 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

02/04/2019 21h54

Luiz Felipe Scolari não gostou da atuação do Palmeiras na partida de hoje contra o San Lorenzo. Em entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0, o treinador afirmou que faltou profundidade à sua equipe. O encontro valeu pela 3ª rodada da fase de grupos da Libertadores.

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Alviverde sofreu uma grande queda de rendimento com as saídas de Bruno Henrique e Thiago Santos, substituídos por Lucas Lima e Felipe Melo.

"Faltou definir, faltou chutar a bola no gol. Ninguém arriscava. Não adianta nada, temos que ter vontade de fazer o gol e não tivemos hoje. Não fizemos um jogo normal, que é o jogo do Palmeiras. Nós pagamos caro por isso. Eu acho que faltou profundidade, faltou trabalhar a bola bem do meio para a frente. Tivemos uma ou outra chance, mas não foi o Palmeiras que eu gosto, não", afirmou o treinador.

"Minha avaliação é praticamente a mesma que vocês (imprensa). Tem coisas que eu não gostei, que eu acho que a gente não comete esses erros. Quando cometemos fomos punidos. Deslocamentos que não aconteceram, em situações que nós sabemos e trabalhamos. Não tivemos isso e pagamos caro por isso. Vamos continuar pagando caro se não tivermos uma obediência do começo ao fim do jogo", completou.

O treinador ainda foi questionado sobre o desempenho individual de Deyverson e não poupou críticas ao atacante, que deixou o gramado afirmando que a equipe estava de parabéns por o que havia demonstrado.

"O Deyverson não cumpriu a função que eu queria. Ele não tinha que marcar para os volantes, quem tem que marcar é volante e meia. O Deyverson é atacante. Ele tem que vir até o meio e de lá se posicionar para receber. Não marcar para os outros, não é isso o que tem que fazer. Se não coloco outro volante de centroavante. Isso que eu não gostei. Não criamos tantas chances de fazer gol. O 1 a 0 foi um resultado normal", finalizou.

Palmeiras