PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Abel passará por procedimento no coração que evitará novos "sustos" no Fla

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/03/2019 18h30

Em entrevista coletiva realizada na tarde de hoje, o médico do Flamengo, Márcio Tannure, detalhou o procedimento ao qual o técnico Abel Braga será submetido amanhã (29) após sofrer com uma arritmia cardíaca no clássico com o Fluminense, ontem, pelas semifinais da Taça Rio.

De acordo com o profissional, a intervenção fará com que o treinador não passe por novos "sustos" como esse, assim como já havia acontecido com ele em 2015, quando trabalhava nos Emirados Árabes.

"Ele chegou lá (no hospital) com um quadro de arritmia, uma disfunção no ritmo cardíaco. Hoje foi realizado uma cardioversão. Ele está estável, com ritmo cardíaco normal. Para resolver esse problema de maneira definitiva, foi conversado com ele e com a família e foi decidido fazer outro procedimento amanhã à tarde. É uma ablação, que seria um tratamento definitivo para esse tipo de patologia que ele tem no coração. Ele já tinha tido isso em 2015 e chegou o momento de tratar. Uma vez corrigida essa disfunção, é vida normal. Não vai impedir a prática do trabalho de treinador, ele continua com a profissão dele", declarou.

Questionado se o problema era parecido com o que o ex-treinador Muricy Ramalho havia sofrido e que o fez se aposentar da profissão, Tannure admitiu que há semelhanças:

"Não foi exatamente a mesma patologia, mas foram patologias parecidas. Não foi só uma questão de gravidade, envolve questões pessoais e de família. É difícil de a gente comparar".

De acordo com o médico rubro-negro, Abel deverá receber alta no domingo, mas sua presença no Maracanã para a final da Taça Rio está descartada.

"Não. Assistirá pela TV. Eu tenho a mais absoluta certeza de que ele estará assistindo. Mesmo se eu disser que não é indicado, tenho certeza de que ele não vai me ouvir", brincou.

Flamengo