Topo

Futebol


Inter fica com 10, Grêmio vence Gre-Nal de reservas e assegura 1º lugar

Jogadores de Grêmio e Inter após falta que gerou expulsão de Nonato, no primeiro tempo  - Lucas Sabino/Agif
Jogadores de Grêmio e Inter após falta que gerou expulsão de Nonato, no primeiro tempo Imagem: Lucas Sabino/Agif

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

17/03/2019 20h59

O primeiro Gre-Nal da temporada é do Grêmio. Hoje (17), o time de Renato Gaúcho venceu o Internacional por 1 a 0. A partida, válida pela penúltima rodada da primeira fase do Gauchão, foi marcada pelo uso de times reservas. A escalação gremista foi surpreendente e tirou proveito da expulsão de Nonato, aos 30 minutos do primeiro tempo.

O gol de Leonardo, em bela jogada, garantiu ao Grêmio matematicamente o primeiro lugar na fase de classificação do estadual.

Com 26 pontos, o time gremista não pode ser mais alcançado. Já a equipe de Odair Hellmann precisa vencer para recuperar o segundo lugar na tabela, perdido com o revés e vitória do Caxias em cima do Aimoré.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Pelotas e o Internacional recebe o Novo Hamburgo. As duas partidas serão na quarta-feira (20), às 21h30 (Brasília), no encerramento da primeira fase do estadual. O mata-mata de quartas de final, com duelos de ida e volta, já se inicia no final de semana.

Grêmio cita virose e surpreende na escalação

A grande notícia do jogo veio 45 minutos antes de a bola rolar. O Grêmio citou uma virose e botou um time com 10 reservas em campo. Somente Leonardo, lateral direito da equipe ideal, começou a partida. No banco, cinco nomes de peso: Cortez, Michel, Marinho, Everton e Vizeu.

Reservas mantêm modelo de jogo no Gre-Nal

Se os times eram reservas, os modelos de jogo foram titulares. O Grêmio teve mais a bola e o Inter reproduziu o tripé de meio-campo, à espera de erro para sair em contra-ataque. Os espaços foram fechados pelo time colorado e a equipe gremista criou pouco.

A primeira boa chance do clássico foi do Grêmio. Depois de escanteio, Leonardo ficou com o rebote e chutou. A finalização rasteira foi salva por Daniel, em grande intervenção.

Nonato é expulso e abre o jogo

O meio-campo do Inter com Rithely, Lindoso e Nonato fechava a área e deixava o Grêmio longe. Mas tudo mudou aos 29 minutos. Depois de cometer três faltas em menos de 10 minutos, Nonato levou dois amarelos e foi expulso. Sem ele, o time visitante recuou mais e a equipe da casa ganhou terreno e superioridade numérica. O jogo mais aberto se traduziu no placar antes do intervalo.

Único titular em campo faz gol

Aos 42, Leonardo tabelou com Montoya e avançou pelo meio. Fez nova tabela com André e invadiu a área. Dali, o lateral direito bateu na saída do goleiro Daniel e abriu o placar. Gol do único titular em campo no clássico e fruto do modelo de jogo do Grêmio combinado com a vantagem numérica após a expulsão de Nonato.

Tréllez, Everton, Tardelli?

No segundo tempo os dois times mexeram em busca de algo novo. O Inter voltou do intervalo com Tréllez na vaga de Pedro Lucas. O Grêmio reagiu pouco depois dos 20 minutos, com Everton no lugar de Montoya. Aos 30, Jean Pyerre saiu e entrou Diego Tardelli. As mudanças deram fôlego, mas não chegaram a criar fato novo na disputa. O Inter, mesmo com maior posse do que no primeiro tempo, não conseguiu construir chance clara para empatar. Ao Grêmio ficou um gosto de que o ritmo poderia ser maior em busca de vantagem mais expressiva no placar.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X INTERNACIONAL

Data e hora: 17/03/2019 (domingo), às 19h (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 44.075 pessoas (41.053 pagantes)
Renda: R$ 2.084.549,00
Árbitro: Anderson Daronco
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Lúcio Flor
Cartões amarelos: Roberto, Nonato, Guilherme Parede, Rithely, Rodrigo Lindoso (INT); Jean Pyerre, Leonardo, Matheus Henrique (GRE)
Cartões vermelhos: Nonato (INT)
Gols: Leonardo Gomes, do Grêmio, aos 43 minutos do primeiro tempo;

GRÊMIO: Brenno; Leonardo, Paulo Miranda, Marcelo Oliveira e Juninho Capixaba; Rômulo, Matheus Henrique, Montoya (Everton), Jean Pyerre (Diego Tardelli) e Pepê; André (Darlan)
Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Daniel; Bruno, Roberto, Emerson Santos e Uendel; Rithely, Rodrigo Lindoso, Nonato, Neilton (Camilo) e Guilherme Parede (Wellington Silva); Pedro Lucas (Tréllez). Técnico: Odair Hellmann

Futebol