PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians

Irmã de vítima de Suzano entrará em campo com Corinthians no domingo

Douglas Murilo Celestino, uma das vítimas do massacre em Suzano, era fanático pelo Corinthians - Arquivo pessoal
Douglas Murilo Celestino, uma das vítimas do massacre em Suzano, era fanático pelo Corinthians Imagem: Arquivo pessoal

Arthur Sandes e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/03/2019 17h46

O Corinthians programou uma homenagem às vítimas de Suzano, principalmente, Douglas Murilo Celestino, uma das vítimas do massacre que aconteceu na última quarta-feira (13) na Escola Raul Brasil. Segundo apurou o UOL Esporte, a irmã do adolescente, Marcela Celestino Clizesqui, de oito anos, entrará em campo com os jogadores no duelo contra o Oeste, domingo, às 16h (de Brasília), em Itaquera, válido pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

A mãe de Murilo, Camila Santos, também será homenageada. Ela ganhou ingressos para assistir ao jogo e ficará no camarote Fiel Torcedor.

O Corinthians também soltará balões pretos com o nome das vítimas, além de balões com homenagem a Suzano e com pedidos de paz. Serão onze balões quando os jogadores se perfilarem no gramado.

O clube paulista ainda exibirá no telão o nome das vítimas, com a seguinte frase: "Nossa homenagem às vítimas de Suzano", acompanhada do escudo do clube com uma fita preta representando o luto.

O telão da Arena Corinthians ainda exibirá o nome das vítimas: Caio Oliveira, Clayton Antônio Ribeiro, Douglas Murilo Celestino, Eliana Regina de Oliveira Xavier, Jorge Antônio Moraes, Kaio Lucas Costa Limeira, Marilena Ferreira Viera Umezo e Samuel Mequíades Silva de Oliveira.

Murilo, como era conhecido entre os corintianos, era um adolescente apaixonado pelo Corinthians. Herdou o amor da mãe pelo clube e, com ela, frequentava a sede de uma torcida organizada e assistia às partidas na Arena sempre que podia.

Siga o UOL Esporte no

Corinthians