PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Tá perdoado? Deyverson já vê campanha por titularidade após gol em retorno

Deyverson comemora gol na volta ao Palmeiras - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Deyverson comemora gol na volta ao Palmeiras
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

13/03/2019 04h00

O Palmeiras venceu como o seu torcedor gostaria de ver. Sem tomar sustos, sem desistir de ampliar a sua vantagem e com show de Ricardo Goulart, principal contratação do ano. Com o 3 a 0 em cima do Melgar, as arquibancadas ainda puderam comemorar o retorno de Deyverson com gol. Será que Felipão achou a peça ideal para completar o quarteto de ataque que já tem Dudu, Gustavo Scarpa e Ricardo Goulart como insubstituíveis? Assista aos melhores momentos da vitória palmeirense.

Para parte da torcida a resposta é sim. Assunto mais comentado durante o jogo, o centroavante viu alguns torcedores o perdoarem dos atos de indisciplina, que causaram punição e multa ao jogador, e do polêmico episódio do vídeo, em que se despedia da torcida alviverde para uma suposta saída para o futebol chinês.

"Estou muito feliz, agradecer a Deus, oportunidade, as falhas que venho cometendo, devo muito ao Palmeiras, treinador que me deu oportunidade, sou muito pra cima, às vezes eu erro, todo mundo erra, estou muito feliz em poder retornar".
Deyverson, em entrevista após a partida à Fox Sports

PVC elogia Deyverson, mas vê Borja ainda mais confiável

UOL Esporte

Quem você escalaria como centroavante titular no Palmeiras?

Resultado parcial

Total de 1600 votos
34,00%
18,12%
43,56%
4,31%
Total de 1600 votos

Temos um novo ídolo?

Ricardo Goulart também deixou o estádio bastante aplaudido. Eleito o melhor da partida por quase todo mundo, inclusive a Conmebol, o meia já caiu nas graças do torcedor. Ele tem até um grito especial: "Sai, sai da frente, sai que o Goulart é chapa quente".

Felipe Melo fez o gol, mas deu calafrios

Mas, já diria o ditado, nem tudo são flores. A história do 3 a 0 poderia ter sido bem diferente se o juiz resolvesse expulsar Felipe Melo. O volante deu uma tesoura por trás e até admitiu que teve medo de ser expulso. Pelo menos ele também pode deixar o Allianz Parque exaltando o seu gol.

O que vem por aí

O Palmeiras só volta a jogar na Libertadores no dia 2 de abril, contra o San Lorenzo, para fechar os três primeiros jogos da fase de grupos. Não há suspensos. Antes disso, no entanto, o Alviverde ainda tem compromissos pelo Paulistão. O próximo é no sábado, contra o São Paulo. Deyverson volta a estar suspenso. Luan segue machucado.

Palmeiras