PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Fla enfrenta LDU pela 1ª vez e já faz contas para garantir vaga em 3 jogos

Gabigol comemora o gol do Flamengo ena estreia pela Libertadores. A meta é vencer os três próximos jogos em casa - JORGE BERNAL / AFP
Gabigol comemora o gol do Flamengo ena estreia pela Libertadores. A meta é vencer os três próximos jogos em casa Imagem: JORGE BERNAL / AFP

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/03/2019 04h00

O Flamengo enfrenta hoje um campeão da Copa Libertadores contra quem nunca jogou na história. Às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, o Rubro-negro recebe os equatorianos da LDU pela 1ª vez e, embora mantenha a serenidade no discurso, já pensa em vaga antecipada nas oitavas de final da principal competição do continente.

E o fato de realizar três jogos consecutivos em casa só faz o sonho aumentar. Por ter superado a altitude de quase 4 mil metros de Oruro e vencido o San José-BOL por 1 a 0 na primeira rodada do Grupo D, o Flamengo sabe que chegar aos 12 pontos garantirá a meta sem a necessidade de ir para o "tudo ou nada" contra LDU e Peñarol fora de casa.

Para se ter uma ideia da importância dos três compromissos seguidos no Rio de Janeiro contra LDU, Peñarol e San José, basta dizer que jamais um time não se classificou ao somar 12 pontos no grupo em toda a história da Libertadores. A pontuação, inclusive, costuma garantir o primeiro lugar da chave.

Sendo assim, se fizer o dever de casa, o Flamengo provavelmente estará nas oitavas de final e ultrapassará o primeiro obstáculo na Copa Libertadores. Ainda que os três jogos consecutivos no Rio de Janeiro possam ser benéficos, o elenco do Flamengo procura analisar o panorama com sobriedade.

"A primeira vitória fora de casa foi um ponto de partida muito interessante, mas agora tudo dependerá do nosso rendimento. No nosso estádio, claro, as coisas precisam funcionar. Ano passado, não tivemos público nos dois primeiros jogos [punição da Conmebol]. Agora será diferente, e o Maracanã estará cheio. Espero que o nosso desempenho seja bom e as vitórias aconteçam. Três jogos diretos ou alternados não interferem tanto. Vamos com tudo atrás dos três pontos. Estamos preparados", afirmou o meia Diego.

O atacante Gabigol reconheceu a boa possibilidade, mas usou o próprio exemplo do jogo contra o San José para pregar cautela nas já antecipadas projeções.

"Jogar em casa é uma vantagem enorme. Mas Libertadores é outra história. Disseram que perderíamos na altitude. Ganhamos. Como eles também podem chegar no Maracanã e vencerem. É pensar em um jogo de cada vez", encerrou.

FLAMENGO X LDU-EQU

Data/hora: 13/03/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Germán Delfino (ARG)
Auxiliares: Diego Bonfa (ARG) e Ezequiel Brailovsky (ARG)

Flamengo
Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Abel Braga

LDU-EQU
Gabbarini; Quinteros, Freire, Rodríguez e Cruz; Intriago, Orejuela, Anderson Julio e Johan Julio; Murillo e Aguirre
Técnico: Pablo Repetto

Flamengo