PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com gol de G. Jesus, City massacra Schalke e vai às quartas da Champions

Gabriel Jesus comemora gol do City contra o Schalke - Reuters/Lee Smith
Gabriel Jesus comemora gol do City contra o Schalke Imagem: Reuters/Lee Smith

Do UOL, em São Paulo

12/03/2019 18h48

O Manchester City espantou qualquer chance de zebra e massacrou o Schalke, hoje, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Jogando em casa, a equipe comandada por Pep Guardiola fez 7 a 0, além do 3 a 2 na ida, e se garantiu com tranquilidade nas quartas da Champions. Agüero (duas vezes), Sané, Sterling, Bernardo, Foden e Gabriel Jesus marcaram.

O atacante brasileiro começou no banco de reservas e entrou no segundo tempo no lugar de Agüero. Ele deu números finais ao jogo e fez o sétimo dos donos da casa.

Quem foi bem: Agüero e Sané

Aguero - Paul ELLIS / AFP - Paul ELLIS / AFP
Imagem: Paul ELLIS / AFP

O atacante argentino começou o jogo perdendo gol praticamente sem goleiro, mas tratou de marcar duas vezes na primeira etapa. Ele mostrou categoria e cobrou pênalti com cavadinha e pouco depois bateu rasteiro entre as pernas do goleiro Fahrmann.

Já Sané marcou uma vez, mas foi mais decisivo nas assistências. O ponta deu três passes para gol contra seu ex-time. Ele foi o responsável pelas assistências nos gols de Sterling, Bernardo e Foden.

Quem foi mal: Fahrmann

O goleiro sofreu sete gols. É verdade que não teve culpa em todos, mas levou duas bolas entre as pernas no primeiro tempo e, no último gol do jogo, não defendeu finalização sem muita força de Gabriel Jesus.

3 gols em 7 minutos

O primeiro tempo da partida não era muito emocionante, mas o Manchester City tratou de fazer três gols em apenas sete minutos. Aos 35, Agüero fez de pênalti com cavadinha. Já aos 38, o atacante argentino recebeu de Sterling de calcanhar e bateu rasteiro. Por fim, aos 42 minutos, Sané dominou dentro da área e fez o terceiro dos ingleses antes do intervalo.

Danilo dá carrinho e corta o rosto

Danilo foi escalado na zaga do Manchester City e protagonizou um lance inusitado. No início do segundo tempo, ele fez falta dura em Embolo, recebeu o cartão amarelo, mas levou a pior no lance. O brasileiro sofreu um corte na pálpebra e precisou ser atendido pelos médicos do clube inglês, mas retornou para o jogo.

VAR confirma gol do City

O árbitro de vídeo (VAR) apareceu no segundo tempo da partida para validar um gol do City. Aos 10 minutos da etapa final, Sané cruzou rasteiro para Sterling, que bateu de primeira e estufou as redes. O assistente marcou impedimento, mas o recurso confirmou o gol.

Bernardo, Foden e Jesus fecham a conta

A vitória já estava garantida, mas ainda deu tempo de mais gols. Aos 26 minutos, Sané rolou para Bernardo chegar chutando. A bola bateu na trave e entrou. Já aos 33, foi a vez de Foden driblar Fahrmann e fazer o sexto. Ainda deu tempo de Gabriel Jesus bater de primeira e fechar a goleada.

FICHA TÉCNICA
MANCHESTER CITY 7 X 0 SCHALKE

Data e hora: 12 de março de 2019, às 17h (de Brasília)
Local: Etihad Stadium, em Manchester (Inglaterra)
Árbitro: Clement Turpin (França)
Assistentes: Nicolas Danos e Cyril Gringore (ambos da França)
Gols: Agüero, aos 35 e aos 38 do 1º tempo; Sané, aos 42 do 1º tempo; Sterling, aos 10 do 2º tempo; Bernardo, aos 26 do 2º tempo; Foden, aos 33 do 2º tempo; Gabriel Jesus, aos 39 do 2º tempo

MANCHESTER CITY: Ederson; Walker, Danilo, Laporte (Delph) e Zinchenko; Bernardo, Gundogan e David Silva (Foden); Sterling, Agüero (Gabriel Jesus) e Sané.
Técnico: Pep Guardiola

SCHALKE: Fahrmann; Stambouli, Bruma e Sané; Konoplyanka, McKennie (Mendyl), Bentaleb e Oczipka; Embolo (Skrzybski), Serdar e Burgstaller (Teuchert).
Técnico: Domenico Tedesco

Esporte