PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Tetê se surpreende com oferta, critica CT e promete voltar ao Grêmio

Jeremias Wernek/UOL
Imagem: Jeremias Wernek/UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

25/02/2019 17h09

Mateus Tetê se despediu do Grêmio. Hoje, em Porto Alegre, o meia-atacante se acertou com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e pouco depois revelou certa dose de surpresa com a transferência. Também falou em frustração por não ter jogado entre os profissionais e ainda pediu que parte da verba paga ao clube gaúcho seja usada no CT de Eldorado do Sul.

Aos 19 anos, Tetê assinará contrato de cinco temporadas com o Shakhtar.

O Grêmio vai receber 10 milhões de euros (R$ 42,5 milhões na cotação atual) e vai manter 15% dos direitos econômicos de olho em possível transferência futura. As cifras milionárias balançaram os dirigentes e o próprio jogador.

"Sempre soube que trabalhando poderia acontecer, chegar algo. Chegou agora, foi meio de repente, eu nem esperava... Mas estou feliz de ajudar a minha família, ajudar todo mundo", disse Tetê em entrevista coletiva.

Tratado como joia da base há tempos, o meia-atacante não escondeu uma ponta de tristeza por ter deixado Porto Alegre sem atuar.

"Me deixa um pouco chateado (sair sem jogar no time principal). Quando eu fui convocado para a seleção brasileira sub-20 criei uma expectativa de que voltaria no time principal do Grêmio. Quando eu fiquei sabendo que isso não iria acontecer, isso me deixou muito triste", afirmou. "A mensagem (aos torcedores) é de até logo. Daqui a 10 anos, quem sabe, a gente pode se reencontrar", comentou Tetê.

Crítica ao CT da base A despedida também teve uma reclamação mais contundente do meia-atacante. Tetê demonstrou desconforto com as instalações do CT das categorias de base, em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre.

"Tenho certeza que o dinheiro (da negociação) vai ser investido na base. Eu só joguei na base. No CT do Grêmio, no alojamento lá no CT Hélio Dourado. Eu fico me perguntando porque o Criciúma, o Atlhetico Paranaense, tem um CT melhor que o do Grêmio", disparou.

Questionado sobre as instalações, Tetê foi específico. "A situação do CT é pelos gramados, vestiários que podem ser melhorados", comentou Tetê.

Futebol