PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Boselli "dedica" 1º gol a Gustagol, que comemora dia de "garçom"

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/02/2019 21h31

O argentino Mauro Boselli agradeceu ao atacante Gustagol após marcar o seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. O argentino contou com assistência, de cabeça, do camisa 19, e tocou próximo da linha do gol para garantir a vitória contra o Botafogo por 1 a 0, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

"Contente, mas primeiro porque a equipe ganhou. Conseguimos os três pontos, com a ajuda desse meu amigo aqui (Gustagol estava abraçado ao lado). Quando entra Gustavo, os defensores têm de marcar dois. Levamos mais alegria ao Corinthians", afirmou Boselli ao Premiere.

Gustagol, por sua vez, comemorou o dia de "garçom". Artilheiro do time na temporada, com oito gols, o camisa 19 entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo no lugar de Love para ser o responsável pela assistência do gol de Boselli.

"Fico muito feliz de mais uma vez poder ajudar o Corinthians, hoje não foi com gol, mas sim com assistência, fizemos um grande jogo. Eu não penso só no individual, só no Gustavo, o Corinthians é mais importante, espero que seja o primeiro de muitos do Boselli", disse Gustagol.

Fábio Carille poupou Gustagol, que ficou como opção no banco de reservas até os 23 minutos da etapa final. O treinador apostou em Mauro Boselli e Vagner Love de atacantes. No entanto, o argentino ficou bastante isolado no comando de ataque, já que o treinador optou mais uma vez pelo 4-1-4-1, com Love na direita, Matheus Vital na esquerda, Ramiro e Júnior Urso por dentro, além de Ralf entre as linhas, na frente zaga.

No segundo tempo, o Carille colocou, além de Gustagol, Pedrinho e Clayson nas vagas de Júnior Urso e Ramiro, respectivamente. Mesmo assim e jogando com a um a mais por conta da expulsão de Plínio aos 40 minutos do primeiro tempo, não conseguiu criar jogadas de ataque. A primeira finalização foi aos dez minutos da segunda etapa.

Corinthians