PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Por que o Camboja está preocupado com o passaporte de Ronaldinho Gaúcho?

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

23/02/2019 04h00

A situação do passaporte de Ronaldinho Gaúcho virou notícia no Camboja durante a semana. O ex-jogador é o convidado especial do "Tiger Street Football Festival", atração que reúne diversos atletas competindo por uma chance de disputar uma partida em frente ao astro brasileiro.

Um vídeo promocional do evento, marcado para os dias 16 e 17 de março, conta com uma imagem de Ronaldinho e a afirmação de que ele seria o convidado especial. 

"Seu rosto está em outdoors espalhados por toda Phnom Penh (capital do Camboja) anunciando sua presença durante as finais deste ano. Os organizadores estão convencidos de que ele virá", explicou Sylvester van Huisstede, diretor do site esportivo cambojano "Football City KH".

O evento conta com 118 equipes e as seletivas aconteceram no meio deste mês. Apenas na grande final, marcada para os dias 16 e 17 de março, teriam a presença de Ronaldinho Gaúcho. No ano passado, Ryan Giggs, ídolo do Manchester United, foi o convidado especial da atração.

Ronaldinho está sem passaporte desde novembro do ano passado e por isso sua presença é uma incógnita no evento. O documento foi retido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) por não cumprimento de uma sentença por crime ambiental.

Em contato com a reportagem, Sergio Queiroz, advogado de Ronaldinho, disse não saber se o ex-jogador tem ou não compromisso no Camboja e que aguarda o STJ (Superior Tribunal de Justiça) marcar a audiência para a análise do habeas corpus solicitado pela defesa do jogador.

A reportagem tentou contato com Roberto Assis, irmão de Ronaldinho, em diversos números de telefone, mas não obteve resposta.

Especialistas em Direito explicam que Ronaldinho Gaúcho pode usar um passaporte da Espanha, caso tenha tirado um já que tem cidadania espanhola há mais de uma década, para viajar. Mas a medida teria consequências jurídicas.

Esporte