PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vasco repudia manifestação homofóbica e Fellipe Bastos pede desculpas

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/02/2019 14h15

Após viralizar um vídeo em que o volante Fellipe Bastos faz gritos homofóbicos contra o Fluminense, o Vasco resolveu se manifestar de maneira oficial em seus canais repudiando a atitude de seu atleta. O jogador também gravou um vídeo em que pede desculpas pelo ocorrido.

Citando a própria história de inclusão do clube em seus primórdios, o Cruzmaltino diz repudiar "veementemente todo e qualquer tipo de preconceito, seja ele de ordem racial, social ou relacionado à orientação sexual". 

Já Fellipe Bastos disse não ter nada "contra nenhuma classe" e que extravasou e atrapalhou "um pouquinho":

"Gostaria de pedir desculpas às pessoas que se sentiram ofendidas por aquele vídeo que está viralizando na internet. Pedir desculpas à instituição Fluminense também, deixar bem claro que não tenho nada contra classe nenhuma, gostaria também de pedir desculpas a todas essas pessoas que se sentiram ofendidas, nasci e fui criado num futebol onde podia brincar, com alegria, mas foi um momento em que extravasei e atrapalhei um pouquinho.

Peço desculpas a todos, espero que entendam e parem de ameaçar minha esposa, meus filhos, eles não têm nada a ver com isso".

O Vasco foi campeão da Taça Guanabara ao vencer o Fluminense por 1 a 0 ontem.

Futebol