PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Briga em estação de trem antes de clássico em Itaquera tem tiro e rojões

Do UOL, em São Paulo

18/02/2019 09h46

Uma confusão na Estação Itaquera entre torcedores do Corinthians e seguranças da CPTM terminou com um homem baleado na perna na tarde do último domingo, momentos antes do clássico contra o São Paulo.

De acordo com testemunhas, o tumulto teve início quando um torcedor corintiano agrediu um segurança da CPTM em um ponto de bloqueio da estação. Em imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver rojões sendo atirados e muita correria.

De acordo com o boletim de ocorrência, um homem foi baleado na perna durante a confusão por um segurança da CPTM. Ele foi levado para um hospital da região e passa bem.

A ocorrência foi registrada pela 6ª Delegacia Metropolitana como lesão corporal, associação criminosa, promover tumulto e possuir artefatos explosivos.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos um rojão e uma bomba de fabricação caseira. O segurança e as testemunhas prestaram depoimentos e foram liberados.

O delegado que cuida do caso, Marcelo Augusto Monteiro, pediu para que pessoas que presenciaram a confusão possam ajudar na identificação dos envolvidos. "Que indiquem os participantes deste tumulto, com certeza eles são conhecidos", disse em entrevista à Rede Globo.

Em nota, a CPTM disse que vai disponibilizar as câmeras de segurança para a investigação.

Siga o UOL Esporte no

Confira na íntegra a nota da CPTM:

"Neste domingo, por volta das 15h, um grupo de torcedores invadiu a estação Guaianases, na Linha 11-Coral, e alguns conseguiram pular as catracas para embarcar sem pagar a passagem.

Ao desembarcarem na Estação Corinthians- Itaquera, um dos torcedores agrediu covardemente um segurança da CPTM, que solicitou apoio a outros seguranças. Neste momento, diversos torcedores atiraram bombas caseiras e rojões contra os trabalhadores da CPTM, acuando-os.

Um torcedor portando um artefato explosivo foi detido pela PM e os demais conseguiram fugir.

O Boletim de Ocorrência foi registrado na Delpom. A CPTM disponibilizará as imagens do circuito interno de monitoramento para auxiliar nas investigações."

Futebol