PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio é notificado por falta de licença em alojamento da base

Alojamento das categorias de base do Grêmio, na cidade de Eldorado do Sul - Divulgação
Alojamento das categorias de base do Grêmio, na cidade de Eldorado do Sul Imagem: Divulgação

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

14/02/2019 09h57

O Grêmio foi notificado ontem pela prefeitura da cidade de Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre. A entidade cobra licença de funcionamento do alojamento das categorias de base do clube e deu prazo de 30 dias para validação do documento. 

"Foi realizado vistoria ao local supracitado, onde foi identificado que o local não possui Alvará de Licença para funcionamento. Desta forma, notificou-se a empresa que terá o prazo de 30 dias (a partir de 13/02/19) para regularização, sob pena de multa e interdição. O prazo disponibilizado para regularização foi possível devido ao fato de que os atletas estarem em período de férias e o local estar desocupado no momento e ao fato do local possuir APPCI válido", diz a nota enviada ao UOL Esporte na manhã de hoje. 

O mesmo documento informou que o local possui Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (APPCI) válido até 27 de dezembro deste ano. 

O alojamento das categorias de base do Grêmio é um antigo hotel, alugado pelo clube desde 2014 e reformado para receber os jovens. São 36 apartamentos que alojam em média 100 garotos entre as categorias Sub-14 e Sub-20. O local é monitorado 24h, segundo o site oficial gremista, e ainda possui sistema de câmeras para auxiliar no controle de qualquer problema. 

As categorias de base estão em período de férias, por isso os dormitórios estão vazios no momento, com funcionários em férias. 

Além dos quartos, o local tem sala de jogos, jardim, biblioteca, sala de informática, videoteca, auditório, e uma cozinha industrial que abastece o refeitório, que recebe todas as categorias. 

Em nota, o Grêmio disse que já protocolou pedido para regularização do espaço. 

"Existe um alvará de funcionamento válido deste local para a atividade de hospedagem em nome do proprietário do prédio e locador para o Grêmio do imóvel, o entendimento de outra administração era de que como não foi alterada a atividade fim hospedagem, e o imóvel não era do Grêmio e sim locado para a mesma atividade fim, que este documento era válido. Hoje pela manhã está sendo protocolada a solicitação de um alvará em nome do Grêmio", diz a manifestação do clube. 

Futebol