PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcedores da Ponte são condenados à prisão por matar fã do Guarani em 2012

Anderson Ferreira, torcedor do Guarani morto em 2012 - Reprodução/Fúria Independente
Anderson Ferreira, torcedor do Guarani morto em 2012 Imagem: Reprodução/Fúria Independente

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

13/02/2019 10h16

Torcedores da Ponte Preta, Carlos Daniel Sampaio e Bruno Barros Batista Rodrigues foram julgados em Campinas e condenados a 19 anos de prisão, nesta quarta-feira (13), pela morte de Anderson Ferreira, fã do Guarani. O crime aconteceu em 2012.

O torcedor do Guarani, Anderson Ferreira teve morte cerebral em março de 2012, aos 28 anos de idade, após ser espancado com golpes de barras de ferro e pedaços de madeira em uma briga com fãs da Ponte Preta.

Leia também:

A briga ocorreu há sete anos, após duas partidas do confronto entre Guarani e Ponte disputadas pelas categorias sub-15 e sub-17 das duas equipes, no estádio Brinco de Ouro. 
 

Futebol