PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jadson vê elenco incomodado com resultados e cita dicas a Love pra entrosar

Jadson disse que o Corinthians precisa ser agressivo contra o Racing nesta quinta-feira, em Itaquera - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Jadson disse que o Corinthians precisa ser agressivo contra o Racing nesta quinta-feira, em Itaquera Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/02/2019 16h50

O meia Jadson revelou que o elenco do Corinthians está incomodado com os maus resultados e que a vitória diante do Racing, da Argentina, nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Itaquera, na estreia da Copa Sul-Americana, é o único objetivo para o time adquirir confiança em 2019.

"Isso tem incomodado o grupo todo, a comissão e os torcedores. São oito jogos e a equipe não caminhou. Estamos trabalhando para que venha melhorar. Os jogadores novos é questão de entrosamento. A torcida tem que ter paciência. Chegaram muitos jogadores", afirmou Jadson.

O meia fala em entrosamento para que o time engrene na temporada. Foram onze reforços até o momento, e o técnico Fábio Carille não acertou a posição de muitos deles em campo. Ramiro, Sornoza e companhia já atuaram em mais de duas posições no início deste ano.

Para ajudar no entrosamento, Jadson cita conselhos aos novos contratados e, inclusive, a Vagner Love, atacante que já foi escalado como uma espécie de "falso 10" em campo.

"O Love, eu já tenho uma amizade com ele, fomos campeões aqui em 2015. Tenho liberdade, ele é experiente, tem qualidade, ele pode ajudar o Gustavo (com conselhos). Sempre que a gente pode a gente conversa, dá dicas. Eles também falam. O Ramiro é muito comunicativo. Sempre bom o bate papo, a cobrança dentro de campo. É sempre importante essa conversa", disse.

Em relação ao Racing, Jadson disse que o Corinthians precisa ser agressivo para não deixar o líder do Campeonato Argentino surpreender na Arena Corinthians.

"Agressiva, dentro de casa a gente tem que se impor, com a bola conseguir triangulações, se aproximar, não deixar a equipe deles à vontade na nossa casa. E fazer um bom jogo, estamos precisando de uma vitória novamente para ganhar confiança para os próximos jogos", concluiu.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado na nota anteriormente, Jadson e Vagner Love foram campeões pelo Corinthians em 2015, e não 2010. O erro foi corrigido.

Futebol