PUBLICIDADE
Topo

Imprensa espanhola exalta Vinicius Jr; Coutinho e Marcelo decepcionam

Vinicius Junior comemora gol Real Madrid contra o Alavés - GABRIEL BOUYS/AFP
Vinicius Junior comemora gol Real Madrid contra o Alavés Imagem: GABRIEL BOUYS/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/02/2019 12h08

A primeira partida entre Barcelona e Real Madrid, pela semifinal da Copa do Rei, acabou empatada em 1 a 1, na última quarta-feira (06). Os jogadores brasileiros envolvidos no clássico foram os alvos da imprensa espanhola. Os veículos exaltaram o atacante Vinicius Junior, responsável pela jogada que originou o gol merengue, e lamentaram as más atuações do lateral-esquerdo Marcelo e o meia Philippe Coutinho. 

O jornal 'As' usou como manchete "Vinicius (Junior) se apresenta ao mundo". Além disso, em sua publicação o veículo diz: "A única regra que Vinicius tem é: não há regras. O Vinicius tem uma mistura que lhe faz ser imprevisível aos espectadores e indecifrável a seus rivais". 

O lateral Marcelo não ganhou os mesmos elogios de seu companheiro de equipe. Para o 'As', o camisa 12 do Real Madrid 'nunca esteve na partida' e ainda 'obrigou' Vinicius Junior a fazer a função de um segundo lateral-esquerdo, cobrindo assim os buracos deixados por Marcelo.

Por sua vez, o jornal 'Marca' direcionou suas críticas a Coutinho. O meia brasileiro não tem conseguido repetir as boas atuações do Liverpool com a camisa do Barcelona. Com isso, o jornal lembrou que ele chegou com status de craque à equipe azul e grená, mas até hoje não justificou o valor que foi pago pelo brasileiro. 

"O crédito dele (Coutinho) com o Camp Nou está acabando, a paciência da torcida também. É um jogador que chegou há um ano como estrela e a preço de um fenômeno e desde aquele dia até hoje não foi bem". 

O jornal 'Sport' repetiu as críticas feitas pelo 'Marca' e classificou a atuação de Coutinho como 'desesperadora'. Porém, fez questão de elogiar o autor do gol do Barcelona, Malcom. O ex-Corinthians foi chamado de 'valente' e exaltado por ser o único atacante da equipe catalã que conseguiu levar perigo ao Real Madrid

"A atuação do Coutinho foi desesperadora. Em um dia que ele devia assumir o rótulo de craque com a ausência de Messi, Coutinho fez uma de suas piores partidas desde que ele chegou ao Barcelona. Ele não justifica o valor de 150 milhões de euros (R$ 632 milhões na cotação atual)". 

"Em contrapartida, Malcom, foi a grande surpresa da partida. Demonstrou uma hiperatividade que acabou sendo premiada com o gol de empate. Lutou, foi e criou mais perigo do que todos os outros atacantes". 

A segunda partida da seminal da Copa do Rei acontece no dia 27 de fevereiro (quarta-feira), no estádio Santiago Bernabéu, às 17h (horário de Brasília). 
 

Futebol