Topo

Futebol


Coutinho marca dois, ofusca Arana, e Barça elimina Sevilla na Copa do Rei

Decisivo em campo, brasileiro marcou duas vezes para o Barcelona - Albert Gea/Reuters
Decisivo em campo, brasileiro marcou duas vezes para o Barcelona Imagem: Albert Gea/Reuters

Do UOL, em São Paulo

30/01/2019 20h24

O Barcelona garantiu nesta quarta-feira (30) sua vaga nas semifinais da Copa do Rei 2018/2019. Jogando no Camp Nou, o time catalão derrotou o Sevilla por 6 a 1, no duelo de volta das quartas de final, com dois de Philippe Coutinho. Ivan Rakitic, Sergi Roberto, Luis Suárez e Lionel Messi também marcaram.

No jogo de ida, o Sevilla havia vencido por 2 a 0. No placar agregado, vitória tranquila do Barça por 6 a 3.

No time do Sevilla, a novidade ficou por conta da atuação de Guilherme Arana como titular. O lateral-esquerdo está na mira do Corinthians, que inclusive chegou a um acordo com os espanhóis pela venda de 90% dos direitos do jogador. Porém, os sevilhanos não aceitaram as condições de pagamento dos corintianos, o que afastou a possibilidade de um retorno ao Alvinegro. Em campo, ele não decepcionou e marcou o único gol dos visitantes.

Jogando em casa, o Barcelona precisou de pouco tempo para abrir o placar. Aos 13 minutos do primeiro tempo, o árbitro assinalou um contato de Quincy Promes em Lionel Messi na área - na cobrança, Philippe Coutinho chutou rasteiro no canto direito de Juan Soriano, que não alcançou.

Aos 26 minutos, o Sevilla teve a chance do empate, também em cobrança de pênalti. No entanto, Éver Banega bateu no lado esquerdo do goleiro Jasper Cillesen, que caiu no canto certo e defendeu.

O castigo, é claro, não demorou: após belo passe em profundidade de Arthur aos 31 minutos, Ivan Rakitic correu e apenas desviou para enganar Soriano, fazendo 2 a 0 para o Barça. E, para piorar para os visitantes, Barça voltou arrasador para o segundo tempo.

Logo aos 8 minutos, Luis Suárez cruzou pela direita, e Philippe Coutinho desviou de cabeça para ampliar. Um minuto depois, Messi avançou pela direita, limpou a marcação e tocou para Sergi Roberto, que invadiu a área e mandou para as redes.

Aos 22 minutos, o Sevilla descontou justamente com Guilherme Arana, que aproveitou bobeada na defesa do Barça e chutou forte pela esquerda para diminuir. A arbitragem ainda consultou o VAR para avaliar uma falta na defesa dos visitantes no começo do lance, mas validou o gol.

No fim, tanto Philippe Coutinho quanto Guilherme Arana foram substituídos. O primeiro deu lugar a Nelson Semedo aos 36 minutos, enquanto o segundo saiu para a entrada de Bryan Gil aos 39 minutos. O Sevilla apertou, mas não chegou ao segundo gol. Pior: Luis Suárez fez 5 a 1 aos 44, e Lionel Messi fechou a goleada nos acréscimos.

Rafael Reis comenta vitória do Barcelona e elogia brasileiros

UOL Esporte

Futebol