PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Emiliano Sala: Jogador do Cardiff afirma que elenco acredita em final feliz

Emiliano Sala durante partida do Nantes, no Campeonato Francês - SEBASTIEN SALOM GOMIS / AFP
Emiliano Sala durante partida do Nantes, no Campeonato Francês Imagem: SEBASTIEN SALOM GOMIS / AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/01/2019 13h23

O zagueiro do Cardiff City Souleymane Bamba afirmou que todo elenco da equipe acredita em um final feliz no caso do desaparecimento do avião que transportava o atacante argentino Emiliano Sala. Em entrevista concedida à Sky Sports, grupo de canais esportivos, na última segunda-feira (28), ele falou sobre como isso afetou a equipe, a semana do elenco após o incidente e como foi a preparação para a partida contra o Arsenal. 

"Nós temos que esperar porque ainda não encontraram o corpo dele, mesmo que as chances sejam muito pequenas, mas nós (jogadores do Cardiff) gostamos de pensar que pode haver um final feliz", disse Bamba. 

Sala tinha acabado de acertar a sua transferência do Nantes (FRA), para o clube do País de Gales, que disputa o Campeonato Inglês, pelo valor de US$ 17 milhões (cerca de R$ 63,9 milhões na cotação atual). Apesar de não ter treinado com sua futura equipe, o desaparecimento do argentino afetou o elenco do Cardiff e segundo Bamba ele era parte do time. 

Bamba está no elenco do Cardiff desde 2016  - David Klein/REUTERS - David Klein/REUTERS
Bamba está no elenco do Cardiff desde 2016
Imagem: David Klein/REUTERS

"Mesmo que ele não fosse totalmente parte de nós, desde o minuto em que ele assinou o contrato para jogar com a gente e veio dar oi para os nossos jogadores, ele tornou-se parte de nós, então todos nós sentimos que ele fazia parte da equipe", disse.

O Cardiff City faz sua primeira partida após o desaparecimento do avião de Sala nesta segunda-feira (29), contra o Arsenal, no Emirates Stadium, às 17h45 (horário de Brasília). Bamba revelou que foi uma semana muito difícil, mas admite que os jogadores darão o seu melhor para conquistar um bom resultado.

"Tentamos nos prepara normalmente, mas não foi uma semana normal. Cabe a cada um de nós preparar o melhor que pudermos. Somos profissionais e sabemos que temos que jogar esse jogo, então vamos fazer o melhor que pudermos", concluiu. 

No começo desta semana, a família de Sala iniciou as buscas particulares pelo avião do argentino. Os familiares afirmaram que mantém a esperança de encontrar o atleta.

Futebol