PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conselho de Ética vai repreender técnico que criticou Neymar, diz jornal

Thierry Laurey disse que Neymar tem direito de ser atingido por rivais - FRANCK FIFE / AFP
Thierry Laurey disse que Neymar tem direito de ser atingido por rivais Imagem: FRANCK FIFE / AFP

Do UOL, em São Paulo

29/01/2019 17h00

O treinador do Strasbourg, Thierry Laurey, será advertido por críticas feitas a Neymar após a derrota de sua equipe para o Paris Saint-Germain por 2 a 0 na última quarta-feira (23), em jogo pela Copa da França 2018/2019. A informação foi divulgada nesta terça-feira (29) pelo jornal Le Parisien.

No jogo em questão, o camisa 10 do PSG deixou o campo no segundo tempo com dores no pé direito. Exames posteriores apontaram uma fratura no quinto metatarso, o mesmo que o atacante havia quebrado em 2018.

Em entrevista coletiva após a partida, Laurey afirmou que jogadores precisam "assumir" responsabilidades quando ultrapassam "limites".

"Entendo que meus jogadores estejam cansados de ver jogadores tentando atraí-los para provocá-los. Ele (Neymar) tem o direito de ser pego em algum momento. Isso não é proibido. Não me importo de proteger as pessoas, mas há limites também", disse Laurey.

Leia também:

Questionado então se as provocações em campo seriam motivo para golpes em Neymar, o técnico do Strasbourg se aborreceu. "Eu não disse isso", rebateu. Posteriormente, em tom de desculpas, Laurey afirmou que não sabia da lesão do brasileiro quando fez as declarações na coletiva.

As declarações, porém, devem ser advertidas pelo Conselho Nacional de Ética (CNE). Segundo o Le Parisien, a entidade francesa enviará uma carta ao treinador do Strasbourg. O texto não foi divulgado, mas a publicação lembra que "nem todas as decisões do CNE costumam ser".

Futebol