Topo

Futebol


Tite diz que não chamará Neymar lesionado: Perco meu emprego, mas não levo

Lesionado, Neymar faz musculação com proteção no pé direito

UOL Esporte

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris (FRA)

28/01/2019 12h29

O técnico Tite descartou convocar Neymar para os amistosos da seleção brasileira em março caso ele não esteja 100%. O atacante sofreu uma nova fratura no quinto metatarso do pé direito e ainda não tem previsão de retorno aos campos. Uma nova cirurgia ainda não foi descartada.

"Neymar não vai pagar o preço por causa da saúde. Perco meu emprego, mas não vou carregar essa responsabilidade de convocá-lo (machucado)", disse o treinador, em entrevista coletiva em Paris, na França, nesta segunda-feira (28).

A equipe comandada por Tite enfrentará a República Tcheca, em amistoso preparatório para a Copa América, no dia 26 de março.

Neymar está afastado dos gramados por causa de dores no pé direito. O atacante sentiu o problema no dia 23 de janeiro, durante vitória sobre o Strasbourg, e ainda não tem prazo para retornar às atividades. O jogador será avaliado pelo médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, nesta segunda-feira.

Presente na entrevista coletiva, Edu Gaspar, coordenador de seleções, afirmou que a decisão sobre o tratamento de Neymar é do PSG. "O doutor (Rodrigo Lasmar) está chegando, estará com o Neymar, acompanhar os próximos passos. Mas vale lembrar que o Neymar é jogador do PSG. Temos que respeitar todas as informações dadas pelo médico do PSG, para que depois possa ser tomada as melhores decisões técnicas".

"O Paris está sendo bastante conservador, está convocando o médico Lasmar. Devem vir outros especialistas no assunto, para depois tomar sua decisão sobre como estará a situação do Neymar", continuou Edu.

A situação de Neymar preocupa justamente pela possibilidade de ser uma lesão recorrente. No ano passado, o craque já havia sofrido uma lesão no quinto metatarso do pé direito e só retornou aos gramados às vésperas da Copa do Mundo.

No último domingo (27), Thomas Tuchel, técnico do PSG, confirmou que o brasileiro não estará à disposição para a primeira partida contra o Manchester United, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, que acontecerá no dia 12 de fevereiro.

"Faço minhas as palavras de Thomas Tuchel: ele está triste, eu também estou triste", completou Tite.

Ainda sem qualquer previsão de retorno, comissão técnica da seleção brasileira, estafe do atleta e PSG não fizeram projeções sobre a participação do craque na Copa América, marcada para a segunda quinzena de junho, no Brasil.

Mais Futebol