PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coutinho, ex-Santos, deixa hospital após ser internado com pneumonia

Ex-atacante continuará com tratamento em casa, segundo a família - Folhapress
Ex-atacante continuará com tratamento em casa, segundo a família Imagem: Folhapress

Emanuel Colombari

Do UOL, em São Paulo

28/01/2019 18h10

Destaque do Santos na década de 60, o ex-atacante Coutinho, 75 anos, deixou nesta segunda-feira (28) o hospital onde estava internado nos últimos dias, em Santos (SP).

Em 20 de janeiro, a esposa de Coutinho, Vera, explicou à rádio Bandeirantes que o marido se sentiu mal dias antes de ser internado, queixando-se de falta de ar. No hospital, foi diagnosticado um quadro de pneumonia. O ex-jogador também apresentou problemas com a diabetes e com a pressão nos últimos dias, mas sem gravidade.

Após uma semana e meia de internação, inclusive com passagem pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Coutinho retornou para casa nesta segunda-feira.

Procurada, a família do ídolo santos afirmou que ele se encontra "90% melhor", inclusive com a diabetes e a pressão sob controle. Os cuidados com a pneumonia continuarão em casa.

Durante suas passagens pelo Santos, entre 1958 e 1968 e depois em 1970, Coutinho conquistou cinco vezes o Campeonato Brasileiro (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965), duas vezes a Libertadores (1962 e 1963), duas vezes o Mundial (1962 e 1963) e seis vezes o Paulistão (1960, 1961, 1962, 1964, 1965 e 1967), entre outros títulos. Foi ainda campeão da Copa do Mundo de 1962 com o Brasil.

Nos últimos anos da carreira como jogador, passou também por Vitória, Portuguesa e Bangu, entre outras equipes. Em 1973, aposentou-se dos gramados jogando pelo Saad, de São Caetano do Sul (SP).

Futebol