PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Gabriel Jesus volta a brilhar, e City goleia Burnley na Copa da Inglaterra

Gabriel Jesus marcou oito gols nos últimos cinco jogos pelo Manchester City - JASON CAIRNDUFF/Action Images via Reuters
Gabriel Jesus marcou oito gols nos últimos cinco jogos pelo Manchester City Imagem: JASON CAIRNDUFF/Action Images via Reuters

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/01/2019 14h53

O Manchester City está nas oitavas de final da Copa da Inglaterra. Jogando em casa, a equipe treinada por Pep Guardiola goleou o Burnley por 5 a 0, com gols de Gabriel Jesus, Bernardo Silva, De Bruyne, Aguëro e um contra de Long, e se classificou para a próxima fase da competição. 

Depois de vencer o Burton Albion com um time alternativo no meio da semana, pela volta da semifinal da Copa da Liga Inglesa, Guardiola mandou seus melhores homens para o campo e teve tranquilidade para avançar na tradicional FA Cup. O próximo adversário será o vencedor do confronto entre Middlesbrough e Newport. 

O próximo compromisso dos Citizens será pelo Campeonato Inglês. Na próxima terça-feira (29), visitará o Newcastle em mais uma tentativa de alcançar o líder Liverpool. O City está em segundo lugar, 56 pontos, quatro a menos que o rival.

Os melhores: Gabriel Jesus e Bernardo Silva
O garoto brasileiro segue em alta com Guardiola. Novamente titular, o camisa 33 participou ativamente das jogadas de ataque do City e voltou a balançar a rede, chegando à impressionante marca de oito gols nos últimos cinco jogos. Bernardo Silva, com um gol e pelo menos três tentativas de finalização, também merece elogios.

O pior: Long
O que está ruim sempre pode piorar... O Burnley já perdia por 3 a 0 quando o zagueiro Long tentou tirar uma bola endereçada a De Bruyne na área. Contudo, se atrapalhou e mandou para a própria rede, selando o caixão e a eliminação de sua equipe. No fim, ainda marcou um pênalti em David Silva. O meia Gundogan também não foi bem: se posicionou mal na área e perdeu chances de finalizar.

Pope se esforça, mas não evita chuva de gols
O goleiro Pope se destacou no primeiro tempo de partida. Apesar do gol de Jesus, fez boas defesas contra investidas de Bernardo Silva e conseguiu segurar a pressão dos donos da casa até o intervalo. Na volta dos vestiários, contudo, viu a defesa se atrapalhar e não conseguiu evitar o placar elástico. Ainda fez uma boa defesa contra chute de David Silva no fim.

City domina as ações desde o início
Apoiado pela torcida, o Manchester City pressionou o adversário durante os 90 minutos. Dominou as ações, segurou a bola no pé com paciência para abrir espaços e não deixou o Burnley jogar. A única chance dos visitantes foi um chute de fora de Brady, que passou por cima de Ederson. Jesus respondeu: carregou pela esquerda, levou a bola para o meio e mandou para o fundo das redes.

Burnley fica impotente diante da pressão
Para o segundo tempo, o técnico Sean Dyche sacou o meia Brady para a entrada do volante Cork, mas não foi capaz de deixar o time mais protegido. O Burnley até ensaiou uma reação em jogada de Vydra, que errou a pontaria, mas o City não perdoou. Aos seis minutos, Bernardo Silva - que viu Pope defender duas finalizações suas na primeira etapa - recebeu da direita, cortou para o meio da área e enfim marcou o seu.

De Bruyne encaminha classificação, e Long faz contra
Depois do gol de Bernardo Silva as tentativas de reação do Burnley esmoreceram e o City aumentou a pressão. Aos 15 minutos, De Bruyne recebeu na entrada da área e fez o terceiro dos donos da casa. E se já estava ruim, podia piorar... aos 27, o zagueiro Long tentou tirar uma bola de De Bruyne na área e acabou mandando para a própria rede.

Guardiola descansa seus titulares
Com o jogo e a classificação sob controle, Guardiola resolveu dar descanso a alguns de seus titulares. Sacou os brasileiros Fernandinho e Gabriel Jesus e o meia De Bruyne para dar ritmo de jogo a David Silva, Aguëro e Foden, respectivamente.

Long erra de novo e Aguëro, de pênalti, sela classificação
Os jogadores do City seguravam a bola no pé para o tempo passar, mas Long foi ansioso e cometeu mais um erro crucial: perdeu o tempo da bola e derrubou David Silva na área. O juiz marcou pênalti, e Aguëro não desperdiçou. Foden ainda tentou deixar o seu, mas parou em Pope. Com o resultado alcançado sem dificuldades, o City está nas oitavas de final da Copa da Inglaterra.

Minuto de silêncio por Sala
Antes de a bola rolar, os jogadores respeitaram um minuto de silêncio pelo fim das buscas oficiais pela aeronave que levava o jogador Emiliano Sala e que desapareceu enquanto atravessava o Canal da Mancha rumo a Cardiff, onde iria atuar nesta temporada. 

FICHA TÉCNICA
MANCHESTER CITY 5 X 0 BURNLEY

Data: 26 de janeiro de 2019, sábado, às 13h (de Brasília)
Local: Etihad Stadium
Cartões amarelos: Walker
Cartões vermelhos: -

Gols: Gabriel Jesus, aos 23' do primeiro tempo; Bernardo Silva, aos 6', De Bruyne, aos 15', e Long (contra), aos 27', e Aguëro, aos 39' do segundo tempo

MANCHESTER CITY: Ederson, Walker, Danilo, Stones, Otamendi, Fernandinho (David Silva), Gundogan, Mahrez, De Bruyne (Foden), Bernardo Silva e Gabriel Jesus (Aguëro).
Técnico: Pep Guardiola

BURNLEY: Pope; Long, Tarkowski e Gibson; Defour (Westwood), Hendrick, Brady (Cork), Ward e Taylor; McNeil e Vydra.
Técnico: Sean Dyche

Futebol