PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arena entrega gramado novo para Copa América, e Grêmio faz teste

Grêmio seguirá sem poder fazer treinos na Arena até pelo menos a Copa América - Reprodução
Grêmio seguirá sem poder fazer treinos na Arena até pelo menos a Copa América Imagem: Reprodução

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

26/01/2019 04h00

A Arena Porto-Alegrense, empresa que administra a Arena do Grêmio, concluiu a reforma no gramado do estádio e entregou o local que receberá a Copa América 2019 para vistoria do clube gaúcho. A diretoria gremista aprovou em duas fases e na última delas houve inspeção da comissão técnica.

O Grêmio realizará o primeiro teste do novo campo, inaugurando o mesmo diante do Juventude, na próxima segunda-feira (28), em jogo válido pela terceira rodada do Gauchão.

Na sexta-feira, integrantes da comissão técnica e dirigentes do Grêmio foram ao gramado. A vistoria informal terminou com observações positivas. Renato Gaúcho, que fez críticas às condições da área de jogo antes e depois da Copa do Mundo, não esteve na visita.

Arena do Grêmio concluiu nova reforma no gramado do estádio - Reprodução - Reprodução
Gramado tem nova técnica para melhorar drenagem e recebe marcações de jogo nesta semana
Imagem: Reprodução

A troca do gramado começou em dezembro, logo após a última rodada do Brasileirão. A sexta mudança total no campo de jogo alterou a técnica depois de reclamações sobre a drenagem. Durante recesso para Copa do Mundo, a Arena aplicou grama com maior quantidade de terra para retomar as partidas rapidamente. Essa especificação acabou atrapalhando o escoamento da água em dias de chuva e gerou nova reclamação pública.

Em um primeiro momento, o Grêmio não irá treinar no estádio. A rotina adotada até 2017 continua suspensa para auxiliar no desenvolvimento do gramado e também na preservação diária - de olho nos jogos da Copa América em Porto Alegre.

Seleções agendam visitas técnicas

O estádio do Grêmio já começou a receber comitiva das seleções que atuarão em Porto Alegre durante a Copa América. O grupo de enviados da seleção do Japão foi o primeiro a realizar vistoria, ainda na sexta-feira (25). Depois virão representantes da seleção do Peru e na sequência delegação do Qatar. A passagem pelo local tem como objetivo levantar informações técnicas sobre logística e estrutura para as partidas.

A coluna De Primeira mostrou que o fechamento dos estádios da Copa América dependerá do estado dos gramados. Uma empresa contratada irá monitorar as condições para definir quando as praças serão requisitadas pelo Comitê Organizador Local.

Futebol