PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jean Mota agradece Sampaoli por redenção e diz: "estou na posição certa"

Ivan Storti/Santos FC
Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

23/01/2019 17h21

O meia Jean Mota agradeceu ao técnico Jorge Sampaoli por ter permanecido no Santos e, inclusive, na equipe titular. O jogador fez questão de dizer que o treinador argentino o colocou na posição certa para atuar em campo.

Segundo o meia, diferente de seus ex-técnicos na equipe santista, Sampaoli o escalou como meia centralizado e não como meia pelas beiradas do campo ou até mesmo na lateral esquerda, como jogou improvisado com diversos treinadores no time paulista nos últimos anos.

"O Sampaoli me deu confiança maior, me ajudou em posicionamento. Era diferente no ano passado, de ter que acompanhar lateral, com função diferente do meio-campista de origem. Hoje estou na posição certa e tenho procurado melhorar para manter a regularidade. Tenho muito a aprender e evoluir", disse Jean Mota.

Na estreia oficial do Santos na temporada, na vitória por 1 a 0 diante da Ferroviária, na Vila Belmiro, Sampaoli escalou o alvinegro praiano no esquema 4-4-2, em formato de losango no meio-campo, com Jeam Mota na armação centralizado, Diego Pituca pela esquerda, Carlos Sánchez pela direita e Alison na frente dos zagueiros.

Com isso, Jean Mota teve bastante liberdade para servir aos atacantes e, inclusive, entrar na área adversária. O resultado do novo posicionamento foi o gol marcado na entrada da pequena área após "ajeitada" do centroavante Felippe Cardoso e que garantiu a vitória santista.

"Ele pede para eu jogar próximo da área, que pise na área e que fique mais perto do gol. Que fique entre as linhas, não buscar muito a bola, que seja do meio para frente. Eu ajudo na marcação, claro. Mas ele me dá mais liberdade. Ajuda bastante, ficamos compacto no meio, temos mais opções. Com outros sistemas, eu ficava mais sozinho, não tinha com quem jogar e acabava perdendo. Agora é mais compacto, mais agregado, eu e Pituca nos revezamos e preenchemos melhor o espaço", explicou.

Jean Mota deve ter concorrência em breve no meio-campo pois o meia-atacante venezuelano Soteldo, um dos poucos reforços do Santos ao lado do zagueiro Felipe Aguilar, será inscrito no Campeonato Paulista e brigará por uma posição no setor ofensivo da equipe santista.

O Santos volta a campo diante do São Bento, nesta quinta-feira, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, em jogo válido pela segunda rodada do Paulistão.

O Santos deve entrar em campo com a seguinte formação: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Orinho; Alison, Diego Pituca e Jean Mota; Carlos Sánchez, Yuri Alberto e Felippe Cardoso. Técnico: Jorge Sampaoli.

Futebol