PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Henry se desculpa após 'colocar avó no meio' para pressionar rival

ERIC GAILLARD/REUTERS
Imagem: ERIC GAILLARD/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

21/01/2019 12h13

Thierry Henry admitiu que errou ao chamar a avó de Kenny Lala, do Estrasburgo, de prostituta durante a derrota do Monaco por 5 a 1, no último sábado (19), pelo Campeonato Francês. O técnico se desculpou publicamente pela provocação.

Quando o Monaco já perdia por 2 a 1, Henry se irritou com Kenny Lala ao pensar que o atleta do Estrasburgo estava fazendo cera: "É o 43º minuto, seu 'neto da puta'", disparou o treinador.

Leia também:

Durante coletiva de imprensa, Henry reconsiderou sua atitude e o xingamento. "É uma expressão da rua, infelizmente. Lamento pelos meus comentários, foi uma reação humana, ainda sou humano. Me arrependo disso", disse.

No último sábado (19), o Monaco sofreu uma goleada por 5 a 1 em pleno estádio Louis II. A equipe comandada por Thierry Henry ocupa apenas a 19ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Francês.
 

Futebol