Topo

Esporte


Corinthians esfria investida, e Luan deve seguir no Atlético-MG em 2019

Diego Salgado e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo e Belo Horizonte

18/01/2019 04h00

As conversas entre Corinthians e Atlético-MG por Luan estão estagnadas. Depois de se aproximarem de um acordo com a possível troca por Clayson, os clubes não evoluíram nas negociações, e a tendência é que o jogador siga na Cidade do Galo em 2019. 

As partes não fazem contato sobre o assunto há quase duas semanas. Embora não haja uma desistência oficial dos paulistas, Galo já faz planos com o jogador, que tem contrato até abril de 2022. Ele, inclusive, tem treinador como titular do time de Levir Culpi nesta pré-temporada.

O impasse se dá pelo montante desejado pelo Atlético. Depois de escutar sugestão do estafe do jogador, o clube mineiro fixou o valor de R$ 4 milhões mais um jogador por empréstimo para liberar Luan e ceder a sua parte do atleta. 

O presidente Andrés Sanchez sabe da exigência e a considera elevada. O Galo detém menos de um terço dos direitos econômicos do atacante. O número exato não é confirmado pela diretoria e tampouco pelo estafe do jogador.

Luan chegou a acertar salários com o Corinthians e um vínculo com três temporadas de duração. O problema é que o Atlético não se acertou com Clayson. O atacante pediu um aumento para ir a Belo Horizonte, o que foi recusado pelo Galo na ocasião.

A troca de ares era vista com bons olhos pelos agentes de Luan. Na Cidade do Galo desde 2013, o jogador cogitava deixar o clube em que é ídolo pela oportunidade de mudar de ares.

Mais Esporte