PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pai de Tréllez viveu época de ouro no Juventude e rivalizou com Inter

John Tréllez (pai, à esquerda) e Santiago Tréllez (filho, à direita). Jogador é do Inter - Reprodução/Instagram
John Tréllez (pai, à esquerda) e Santiago Tréllez (filho, à direita). Jogador é do Inter Imagem: Reprodução/Instagram

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

17/01/2019 04h00

Atualmente, o sobrenome Tréllez define o reforço do Internacional, que chegou a Porto Alegre na quarta-feira (16). Mas nos anos 1990, a mesma palavra causava calafrios. Pai de Santiago, egresso do São Paulo em empréstimo de um ano, John Tréllez foi atacante do Juventude no princípio da época de ouro do clube de Caxias do Sul e teve ótimo retrospecto contra o Colorado. 

Ele chegou ao alviverde da serra gaúcha em julho de 1995 depois de passar por Atlético Nacional, da Colômbia, Zurich, da Suíça, e Boca Juniors, da Argentina. O rápido, alto (mede 1,93) e cabeludo atacante (último de pé à direita na foto abaixo) empilhou boas atuações na equipe da serra.

John Tréllez (ultimo à direita em pé) pelo Juventude em 1996 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O Juventude, turbinado pela parceria com a Parmalat, vivia o ápice de sua trajetória até então. Tinha nomes que fizeram história por lá, como Alex Alves, Lauro, Daniel Frasson, Picoli e Itaqui. Tréllez esteve no time que participou da Série A, foi vice-campeão gaúcho e participou do início da formação da equipe que viria a ser campeã da Copa do Brasil anos mais tarde.

"Minha experiência no Juventude foi excelente, perfeita. Só vivi coisas boas lá. A cidade é charmosa, o povo é muito agradável, a torcida era incrível e gostava muito de mim. Guardo apenas agradecimentos e boas lembranças da equipe e da cidade. Sempre me trataram muito, muito bem", contou John Tréllez, ao UOL Esporte, no ano passado. 

Contra o Inter, o pai de Tréllez pode não ter marcado gols, mas viveu a construção de uma "touca" histórica no Rio Grande do Sul. Foi o Juventude o principal clube do interior a rivalizar com a dupla Gre-Nal recentemente. Nos anos 1990, a presença frequente na primeira divisão criou dificuldades principalmente ao Colorado.

O ponto alto ocorreu exatamente quando Tréllez defendia o clube. Nos sete jogos em que ele defendia o Juventude e houve enfrentamento com Colorado, apenas uma derrota, com dois períodos de invencibilidade. 

Primeiro foram duas vitórias e um empate no primeiro período de três jogos sem perder. A única derrota, por 1 a 0, aconteceu em março de 1996. Depois, mais três jogos de invencibilidade com dois empates e uma vitória em seguida. 

Ao todo, John Tréllez fez 86 jogos pelo Ju, com 18 gols. Quando deixou o clube, se transferiu para o Al-Hilal, da Arábia Saudita. 

Na época, Santiago, atual reforço do Inter, tinha apenas cinco anos. Nascido em 1990, o jogador pouco viu ou pode se lembrar da fase do pai em Caxias do Sul. De volta ao Estado, o sobrenome Tréllez agora vestirá vermelho e já chega com a responsabilidade de substituir Leandro Damião, transferido ao futebol japonês, e ocupar posto importante no elenco até que Paolo Guerrero possa atuar. 

Veja gol de Tréllez pelo São Paulo contra o Fluminense

Gols UOL Esporte

Futebol