PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mourinho cita lição de Ferguson: "Se o atleta for maior que o clube, adeus"

REUTERS/Stefano Rellandini
Imagem: REUTERS/Stefano Rellandini

Do UOL, em São Paulo

17/01/2019 16h39

José Mourinho jura que não estava se referindo ao que viveu no Manchester United, mas, sem citar nomes, o treinador fez duras críticas a jogadores indisciplinados e ainda relembrou algo que aprendeu com Alex Ferguson, ídolo dos Diabos Vermelhos.

"A frase que eu guardei de Sir Alex Ferguson foi: 'no dia em que um atleta for mais importante que o clube, adeus'. Não mais, não mais. O treinador de futebol está lá para treiná-los, não para discipliná-los a qualquer custo", avisou em participação no canal "beIN Sports".

"Não estamos mais na época em que um técnico tinha poder suficiente para treinar, trabalhar e ter um relacionamento de educação e confronto com jogadores que não são bons profissionais. Hoje em dia, precisamos de estrutura", continuou Mourinho.

O português diz que nada disso tem relação direta com o que viveu no Manchester United; durante a conversa, ele não citou o nome de Paul Pogba, meio-campista francês apontado como desafeto do treinador do clube inglês.

"Não é sobre minha experiência no United. Estou falando de modo geral", reiterou. "Para mim, um clube tem de ser bem organizado para lidar com isso. O treinador tem de ser só o treinador, e não o homem que tenta disciplinar ou educar os jogadores", concluiu.

Futebol