Topo

Futebol


Maradona presta apoio à Koulibaly e diz: "Também sofri cantos racistas"

Twitter/maradona
Imagem: Twitter/maradona

Do UOL, em São Paulo

30/12/2018 12h43

Diego Maradona manifestou apoio ao zagueiro Koulibaly, do Napoli, que sofreu insultos racistas de torcedores da Internazionale, na semana passada. Neste domingo (30), através de sua conta do Instagram, o argentino postou uma foto com a camiseta do defensor e, na legenda, revelou que também foi alvo de comentários preconceituosos durante sua passagem pela Itália.

"Eu joguei sete anos no Napoli, e também sofri com cantos racistas de algumas torcidas. Ainda me lembro das bandeiras que diziam ‘Bem-vindo à Itália’. Sinto-me como mais um napolitano, e hoje quero estar ao lado de Kalidou Koulibaly. Espero que tudo isso marque um antes e um depois, para terminar de vez com o racismo no futebol. Saudações a todos", escreveu o antigo camisa 10 do Napoli.

Os casos discriminatórios relatados por Maradona são registros de algumas torcidas de clubes italianos, que recebiam o Napoli com faixas escritas "Benvenuti a Italia" ("Bem-vindo à Itália" na tradução para o português), indicando que o time sulista não fazia parte do país.

Na vitória de ontem do Napoli sobre o Bologna, no San Paolo, torcedores também homenagearam Koulibaly, utilizando máscaras com o rosto do zagueiro e com cartazes escritos: “Somos todos Koulibaly.”

Mais Futebol