PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em textão, Boateng desabafa, faz balanço de 2018 e fala em "ano difícil"

Michael Steele/Getty Images
Imagem: Michael Steele/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/12/2018 18h24

No penúltimo dia de 2018, Jérôme Boateng, zagueiro do Bayern de Munique e da seleção alemã, fez um resumo do seu ano, o qual considerou negativo. Em texto publicado na sua conta oficial do Twitter, neste domingo (30), o defensor assumiu que seu desempenho ficou abaixo do esperado, revelou que passou por problemas pessoais e classificou a queda precoce da Alemanha na Copa "como uma das piores experiências da sua carreira."

"2018 chega ao fim e, para ser honesto, eu estou feliz por isso. Pessoalmente, tive um ano muito difícil e eu não vou lembrá-lo com um bom ano. Em campo, eu não cumpri as expectativas. A Copa do Mundo foi, definitivamente, uma das piores experiências em minha carreira. Isso realmente me levou algum tempo para lidar com isso, mas eu tirei minhas lições", escreveu o alemão com ascendência ganesa.

Mesmo vencendo novamente a liga nacional pelo Bayern, Boateng também explicou que não ficou satisfeito com o seu rendimento e lembrou da lesão sofrida na coxa esquerda, que quase tirou o marcador do Mundial disputado na Rússia.

"Com o Bayern, nós vencemos nosso 6ª Campeonato Alemão, mas infelizmente nós perdemos a Copa da Alemanha. A eliminação na Champions League me machucou duas vezes pela maneira como perdemos. Infelizmente, eu também machuquei a minha perna", prosseguiu.

O alemão também contou que, ao longo da temporada, problemas pessoais o atrapalharam profissionalmente. Apesar disso, Boateng demonstrou otimismo para 2019.

"Também tive, em minha privada, alguns problemas para lidar. Eu sempre tentei separar minha vida privada da profissional, mas isso nem sempre funciona como o esperado. Eu aprendi muito nesse ano e, agora, eu me sinto melhor semana após semana. Eu estou retomando o meu caminho para o a minha melhor forma."

Por fim, Boateng desejou boas festas aos seus fãs e celebrou o fato de passar a virada de ano em Gana com a sua família.

"Eu estou muito feliz por passar o fim do ano com a minha família em Gana. Obrigado a todos os torcedores que acreditam em mim. Feliz Ano Novo a todos", finalizou.

Futebol