PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Foi muito fácil", diz diretor da Juventus sobre contratação de CR7

Desde que chegou à Turim, Cristiano Ronaldo atuou em 22 partidas e marcou 12 gols - REUTERS/Massimo Pinca
Desde que chegou à Turim, Cristiano Ronaldo atuou em 22 partidas e marcou 12 gols Imagem: REUTERS/Massimo Pinca

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/12/2018 14h51

Fabio Paratici, diretor esportivo da Juventus, afirmou que contratar o atacante Cristiano Ronaldo não foi uma das tarefas mais difíceis de sua carreira. Durante o especial "Código Paratic" (uma série de entrevistas com o dirigente), transmitido pela emissora Sky Sports Itália, na manhã desta segunda-feira (24), ele ressaltou que a vontade do português facilitou a negociação.

"A negociação com Cristiano Ronaldo foi muito fácil porque ele queria assinar com a Juventus. Não teve necessidade de convencê-lo. Pouco depois da final da Liga dos Campeões ele já tinha decidido: 'só quero ir para a Juventus'", afirmou Paratici. 

No começo desta temporada, a Juventus contratou o lateral-direito português João Cancelo, que coincidentemente é agenciado por Jorge Mendes, empresário de Cristiano Ronaldo. De acordo com o Paratici, durante uma reunião para concluir a transferência de Cancelo à Juventus, Mendes revelou o interesse do craque português em assinar com a Velha Senhora.

"Ele [Jorge Mendes] me disse: 'você não vai acreditar, mas o Cristiano quer ir para a Juventus'. E eu respondi a ele: 'não é verdade, não acredito, acho muito difícil que isso aconteça'", disse. 

Depois de sair da reunião, Paratici sugeriu a contratação de Cristiano Ronaldo ao presidente da Juventus, Andrea Agnelli. De acordo com o dirigente, em três horas ele deu sinal verde para oferecer ao jogador um contrato de quatro anos, ganhando 31 milhões de euros por temporada (R$ 138 milhões na cotação atual).

"Quando eu saí da sala dele [Andrea Agnelli], acreditei que poderíamos concretizar a negociação. Agnelli me disse: 'deixe-me pensar um ou dois dias', mas ele me ligou depois de três horas dizendo que eu podia contratá-lo", concluiu o dirigente. 

Contratado pela Juventus por 100 milhões de euros (R$ 445 milhões), Cristiano Ronaldo foi a contratação mais cara da história do futebol italiano. Desde que chegou à Turim, o português atuou em 22 partidas e marcou 12 gols. 

Invicta no Campeonato Italiano e com 49 pontos (oito de vantagem para o segundo colocado, o Napoli com 41), a Juventus volta a campo na próxima quarta-feira (26), contra o Atalanta, no estádio Atleti Azzurri d'Itália, às 12h (horário de Brasília). 
 

Futebol