PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com alto custo e pouco futebol, Rômulo deixa o Fla sem corresponder

Rômulo foi tietado pela torcida em sua chegada ao Fla - Reprodução/Twitter
Rômulo foi tietado pela torcida em sua chegada ao Fla Imagem: Reprodução/Twitter

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/12/2018 04h00

Contratado pelo Flamengo em janeiro de 2017, o volante Rômulo acerta os últimos detalhes para trocar o Flamengo pelo Grêmio. O jogador será emprestado por uma temporada, com o Rubro-negro arcando com metade de seus vencimentos.

O piauiense deixa a Gávea em baixa, mas sua contratação foi muito festejada à época, com direito a torcedores no aeroporto e muita badalação do clube em suas redes sociais.

Apesar da fama de bom comprador, o Flamengo não teve que pagar nada ao Spartak Moscou-RUS. Isso porque o volante estava a seis meses do fim do seu vínculo quando assinou um pré-contrato com o Rubro-negro. O jogador, então, convenceu os russos a o liberarem, o que de fato ocorreu.

Para contar com Rômulo, os cariocas tiveram que assumir 'apenas' o salário do volante, que tem um dos maiores vencimentos do elenco. Com as finanças em dia, o valor não assustou o clube, já que se tratava de um jogador com passagens pela seleção brasileira. Além disso, o atleta havia custado R$ 20,7 milhões aos russos em negociação com o Vasco. Apenas com esses encargos (sem as luvas), o clube desembolsou cerca de R$ 9 milhões.

Durante essa sua passagem, Rômulo nunca conseguiu cumprir a expectativa de diretoria e torcida, que imaginaram ter no atleta um nome capaz de fazer sombra a Márcio Araújo, então titular. Criticado por grande parte dos rubro-negros, Araújo retomou a vaga de Rômulo, que conviveu com inúmeros problemas físicos no Rio de Janeiro.

 O jogador jamais rendeu o esperado dentro de campo. Prova disso é que em dois anos ele atuou em apenas 39 jogos e marcou somente um gol. 

Mais recentemente, Rômulo foi envolvido em uma negociação para o Flamengo contratar Bruno Henrique. O clube pagaria R$ 25 milhões e cederia Rômulo e mais um atleta para trazer o atacante do Santos. O técnico Jorge Sampaoli, no entanto, recusou a oferta.

Futebol