PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diniz revê auxiliar no Flu e retoma parceria iniciada no Guarani em 95

Ex-jogador do Guarani, Fernando Diniz trabalhou como técnico do time em 2017 - Rafael Fernandes
Ex-jogador do Guarani, Fernando Diniz trabalhou como técnico do time em 2017 Imagem: Rafael Fernandes

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/12/2018 08h17

Nomeados técnico e auxiliar do Fluminense, Fernando Diniz e Leo Percovich retomarão uma parceria iniciada dentro dos campos no ano de 1995. Naquela época, o então meia e o então goleiro eram jogadores do Guarani. Os dois não chegaram a atuar juntos, mas fizeram parte de um elenco no qual já despontavam os jovens Luizão e Djalminha.

Anunciado como novo comandante tricolor na última quarta-feira (20), Fernando Diniz terá no uruguaio um auxílio importante, já que o Flu usará muitos jovens da base. Técnico do sub-20 do clube até o último mês, Percovich conhece bem a safra que vem subindo.

"O Diniz sempre foi uma pessoa muito séria, muito profissional e comprometido com seu trabalho nos treinos e nos jogos. Nos dávamos muito bem, e estou ansioso para poder repetir isso agora. Ele é uma pessoa que tem muito caráter, seriedade, e isso sempre nos uniu", disse Percovich, ao UOL Esporte.

Minutos após ser apresentado como novo técnico tricolor, Diniz também recordou a parceria iniciada em Campinas. Feliz por voltar ao clube pelo qual jogou entre 2000 e 2003, ele mostrou felicidade por rever Leo:

"Tinha um relacionamento ótimo com ele no Guarani, um carinho muito grande. Estou muito feliz por revê-lo aqui e por voltar ao Fluminense".

No momento em que a cúpula do Flu avaliava os nomes para dirigir a equipe, o nome de Percovich foi cogitado e contou com a simpatia do presidente Pedro Abad. Os cabeças do futebol, no entanto, se uniram em torno do profissional que acabou contratado. O uruguaio não mostrou ter ficado sentido com a decisão e prometeu auxiliar o comandante e o time no que for preciso.

"Estou feliz pelo convite do Angioni para ser auxiliar do profissional do Fluminense. É um cargo que já estou acostumado, pois trabalhei assim na Premier League. Me sinto pronto para ajudar o Diniz, o Angioni, os jogadores e o restante da comissão técnica", pontuou ele.

O primeiro contato da dupla só será na primeira semana de janeiro, quando o elenco tricolor inicia a sua preparação para a temporada de 2019.

Futebol