PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico da Colômbia na Copa recusa convite para assumir o Boca, diz jornal

Clive Mason/Getty Images
Imagem: Clive Mason/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/12/2018 09h09

Nicolás Burdisso ouviu seu primeiro "não" desde que assumiu a função de diretor-esportivo do Boca Juniors. De acordo com o jornal "La Nación", o ex-zagueiro foi atrás de José Pekerman para assumir o comando técnico da equipe argentina. O treinador da Colômbia na última Copa do Mundo agradeceu o convite, mas recusou.

A publicação afirma que a opção de treinar o Boca Juniors nunca seduziu Pekerman. Apesar disso, Burdisso apostava na boa relação que tem com o treinador - trabalharam juntos na seleção argentina no ciclo para a Copa do Mundo de 2006 - para convencê-lo. Não conseguiu.

A recusa de Pekerman faz Eduardo Domínguez aparecer como favorito para substituir Guillermo Barros Schelotto, que deixou a equipe após a perda da Libertadores para o River Plate. Antigo treinador de Huracán e Colón, ele agrada Burdisso por ser pupilo e genro de Carlos Bianchi, técnico multicampeão pelo Boca.

A outra opção seria Gustavo Alfaro, atual técnico do Huracán. Burdisso gosta do estilo de jogo aplicado por ele e a chance de assumir um dos maiores clubes da Argentina aos 56 anos é vista pela imprensa argentina como um fator de sedução. Ainda assim, Alfaro diz estar bem no Huracán e que não trocará de clube.

Correndo muito por fora está Miguel Ángel Russo, velho conhecido da torcida do Boca. Técnico do título da Libertadores de 2007, ele era uma opção que agradava a diretoria do clube, mas não é uma prioridade para Burdisso.

A ideia do Boca Juniors é contratar um novo técnico até o final de semana. O Boca Juniors está na sexta colocação do Campeonato Argentino com 24 pontos, 12 a menos que o líder Racing. A preocupação, contudo, é preparar o time para a Libertadores do próximo ano.

O Boca Juniors foi sorteado no Grupo G da competição internacional. Os argentinos brigarão com o Atlético-PR, Jorge Wilstermann (BOL) e Tolima (COL) por uma das duas vagas para as oitavas de final da competição.

Futebol